Velocista sul-africana é suspensa por doping


A velocista sul-africana Carina Horn foi suspensa pela Unidade de Integridade de Atletismo (AIU) após falhar em um anti-doping.

A atleta de 30 anos testou positivo para as substâncias proibidas ibutamoren, um hormônio do crescimento secretagogue e LGD-4033, que geralmente trata de condições como perda de massa muscular e osteoporose.

A amostra B agora será testada conforme o caso e a AIU notificou Horn dos procedimentos.

Ela é a recordista sul-africana dos 100 metros com o tempo de 10,93 na etapa de Diamond League em  Doha em maio de 2018.

Essa performance foi a primeira de uma mulher sul-africana com menos de 11 segundos. Horn chegou às semifinais dos 100m nos Campeonatos Mundiais de 2015 e 2017 e competiu nas Olimpíadas do Rio 2016, atingindo o mesmo estágio.

Foto: Ryan Wilkisky

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes