Ouro e Prata em Lima, Edival Marques e Talisca Reis embarcam para as disputas do Grand Prix de Taekwondo em Chiba


Medalhistas nos Jogos Pan-Americanos de 2019, Talisca Reis e Edival Marques, embarcam para a disputa de mais uma competição importante nessa corrida para garantir a vaga para a disputa dos Jogos Olímpicos de 2020. A dupla brasileira do Taekwondo disputará entre os dias 13 e 15 o Grand Prix de Chiba, no Japão. Essa etapa somará 40 pontos no ranking. 

A competição reúne apenas os 32 melhores de cada categoria do ranking olímpico e a menos de um ano para Tóquio, as competições começam a ficar ainda mais acirradas, afinal, todos os atletas querem garantir sua vaga através do ranking. Essa etapa se torna ainda mais especial, por acontecer na cidade que sediará os Jogos Olímpicos de 2020, além outras duas ainda serão realizadas em território japonês. 

“Essa competição com certeza vai ser muito especial, por estar lutando em clima Japonês. Já vou conseguir sentir um pouco da adrenalina de como é competir em Tóquio e tenho certeza que me dará uma energia maior durante as disputas também, em saber que posso estar lá no ano que vem, disputando uma edição de Jogos Olímpicos. Então vou com tudo em mais uma etapa de GP e buscando mais um pódio para o Brasil”, disse Talisca Reis que hoje ocupa a 11ª colocação no ranking olímpico e é a 9ª do mundo, a categoria -49Kg.

Talisca e Edival vem de uma preparação intensa e de uma série de competições. A prata e o ouro, respectivamente nos Jogos Pan-Americanos de Lima e dois ouros no Open de Costa Rica, em que ambos os atletas lutaram uma categoria acima, como estratégia para evitar o desgaste de perder peso. 

Netinho avalia o Grand Prix como a competição mais importante do semestre e acredita estar bem preparado para ir em busca de mais um pódio e somar pontos na classificatória olímpica. 

“Os Grand Prix agora serão as competições mais importantes nesse semestre, eles estarão reunindo os melhores atletas de cada categoria e são importantes para conseguir somar pontos e subir no ranking, para conseguir garantir a vaga. Venho de uma série de treinamentos intensos no Brasil e me sinto bem preparado, não vai ser fácil, mas vou lutar dando meu máximo e buscando mais um pódio. Disputar esse GP em Tóquio dá uma adrenalina maior, sentir esse clima japonês, vai ser ótimo!”, concluiu Marques que é o 13º do ranking olímpico e o 7º do mundo, na categoria -68Kg.

Marques competirá na sexta-feira, 13 e Talisca no domingo, 15 de setembro.

Foto: Fernanda Oliveira/FOKUS

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes