Lenda olímpica Mark Spitz é diagnosticado com doença cardíaca


O ex-nadador americano Mark Spitz divulgou nas suas redes sociais no aniversário de 47 anos do seu sétimo ouro  conquistad nas olimpíadas de Munique 1972 (dia 4) que foi diagnosticado com fibrilação atrial (batimento cardíaco irregular). 

"Depois de competir nesse nível, nunca imaginei que seria diagnosticado com um problema cardíaco como esse", foi publicado no Facebook e no Twitter de Spitz. “Sinto-me com sorte por ter conseguido captar isso antes que me colocasse em sério risco de outras complicações cardíacas. Estou ansioso para espalhar a conscientização sobre a fibrilação arterial à medida que aprendo mais sobre essa condição e vivo com meu próprio diagnóstico. ”

Fibrilação atrial é um tipo comum de arritmia cardíaca e tem como causa diversos fatores, como genética, hipertensão, consumo excessivo de álcool entre outros. Apesar de raramente levar a morte, a doença pode dobrar as chances da pessoas ter um AVC e quintuplicar as chances de um ataque cardíaco. Mas com o tratamento adequado, o paciente poderá levar uma vida normal.

Spitz, de 69 anos, tem 11 medalhas olímpicas no currículo, sendo 9 de ouro e 7 somente nos jogos olímpicos de Munique e é considerado um dos maiores nadadores de todos os tempos. 






foto: Reprodução/sportv

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes