Após bronze no Pan de Lima, CBHb demite Washington Alves do comando da seleção de handebol masculino


A derrota para o Chile na semifinal dos jogos Pan-americanos de Lima, que pode ter custado a vaga olímpica do handebol masculino do Brasil em Tóquio 2020, derrubou o técnico Washington Alves. A Confederação brasileira de handebol anunciou nesta sexta (16) o desligamento de toda a comissão técnica. Nunes dirigia a seleção de handebol desde o fim dos jogos olímpicos do Rio de Janeiro, após a saída do espanhol Jordi Ribera.

Washington fez duas boas campanhas em mundiais, sendo o último em 2019, a melhor participação brasileira na história dos mundiais, com o nono lugar. Mas a derrota para o Chile nos jogos Pan-americanos teve peso crucial para a demissão do treinador.

Ao site 'Olimpíada todo dia' Washington declarou que “Assim como o futebol, o esporte cobra por resultados. Eu não esperava, mas sabia que isso poderia acontecer. Entendo que o resultado não foi o esperado, mas sei do potencial desse grupo e torço por eles."

Para disputar o pré-olímpico mundial, o Brasil agora precisa torcer para o Egito ganhar o africano de handebol e que Alemanha, Croácia, Noruega, Suécia, Espanha ou França vençam o europeu de handebol, para que a seleção consiga entrar no pré olímpico.

Até o momento, não há nomes cotados para o cargo de treinador. Em crise financeira, é pouco provável que um técnico estrangeiro seja chamado.

foto: CBHb/Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes