Universíade 2019 - Dia 8


O Brasil teve outro grande dia na Universíade, que está sendo disputada em Nápoles (ITA). Mais duas medalhas de ouro foram conquistadas e com elas, o Brasil supera a campanha de 2017.

E as duas foram no atletismo. Nos 200m rasos, Paulo André fez a marca de 20s28 e pegou o ouro, o seu segundo na competição - ele tinha sido ouro nos 100m também. Rodrigo Nascimento acabou desqualificado na semifinal por ter pisado dentro da raia interna do adversário.

Nos 400m com barreiras, Alisson dos Santos conquistou o ouro, fechando a prova em 48s57, um índice olímpico e quinta melhor marca de 2019: “Vim aqui para ser campeão e buscar o ouro. Ninguém vem para ficar em segundo ou terceiro. Na qualificação e semifinal, fiz de tudo para me poupar ao máximo. Deu certo”, disse o atleta.

A terceira medalha veio do taekwondo. A atleta Bárbara Novaes conquistou o bronze na categoria até 62kg . Bárbara ganhou três lutas até chegar na semifinal, em que enfrentou a russa Iuliia Turutina. A brasileira levou um forte chute na cabeça e quis continuar a luta, mas não conseguiu parar a russa que venceu. Como a categoria não teve repescagem, Bárbara ficou com o bronze.

Matheus Américo realizou a fase eliminatória dos 800m. Ele venceu sua série com 1m51s05 e está classificado para a semifinal de amanhã (12). A fase eliminatória dos 110m com barreiras também aconteceu hoje. Paulo Henrique (Lolinho) e Gabriel Constantino, que bateu o recorde Sul Americano há dois dias, buscaram vaga na semifinal, que será realizada na sexta-feira (12). Gabriel fez o segundo melhor tempo e Paulo, o décimo primeiro melhor tempo.

Na final do salto com vara feminina, a atleta Juliana Campos, agora com seu próprio material - já que na fase de classificação teve que pegar emprestada uma vara pois a sua ficou presa no aeroporto de Lisboa, entrou na disputa por um lugar no pódio, conquistando a 5ª colocação, mesmo tendo a mesma marca da 3ª colocada, Bridget Guy, que ficou com o bronze por atingir os 4,31m em menos tentativas.

O Brasil tem mais uma medalha garantida no futebol masculino. A seleção brasileira venceu a Rússia por 2 a 1 e foi a final pela primeira vez na história da modalidade. O Brasil vai pegar na final o Japão, que derrotou a Itália nos Pênaltis.

O Brasil agora tem 15 medalhas na edição 2019 da Universíade, com quatro de ouro, duas de prata e nove de bronze e está na décima primeira posição no quadro de medalhas.

foto: Thiago Parmalat/ CBDU

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes