Pan-Americano de Esgrima 2019 - Dia 4: Domínio dos EUA continua em primeiro dia do torneio de equipes


O Brasil não subiu ao pódio no primeiro dia de competição por equipes do Pan-Americano de Esgrima disputado em Toronto (CAN), mas alcançou bons resultados, terminando em quarto lugar no Florete Feminino e na quinta colocação no Sabre Masculino. Ambas as provas foram vencidas pelos Estados Unidos em finais sobre o Canadá, confirmando a tendência observada nas provas individuais.

A primeira prova disputada no dia foi a do Florete Feminino. A equipe canadense que conseguiu três medalhas na prova individual (uma prata e dois bronzes) venceu o time brasileiro nas semifinais por 45-18 e quase fez frente às norte-americanas, mas caiu por 45-42 na primeira final do dia. O Brasil que começou a campanha com uma boa vitória sobre a Colômbia (45-37) nas quartas-de-final foi derrotado pelas chilenas na disputa por terceiro lugar pelo mesmo placar e terminou na quarta posição.

No sabre masculino, o Brasil entrou como nono cabeça de chave e conquistou três vitórias emocionantes, sempre de virada, terminando na quinta colocação, que vai gerar um salto no ranking. Nas oitavas-de-final veio a primeira vitória por 45-43 diante de Porto Rico, com destaque para Fernando Scavasin, que disputou as Olimpíadas do Rio pelo Florete e agora defende a equipe brasileira no Sabre, e marcou 24 dos 45 pontos nacionais.

Após uma dura derrota para os norte-americanos por 45-20 nas quartas, o time reuniu forças para ganhar duas partidas, sempre no mesmo cenário: virando o jogo após estar 44-43 atrás no placar, primeiro contra Venezuela e depois contra o Chile. Bruno Pekelman, de apenas 18 anos e já líder no ranking nacional de sabre fechou todos os jogos e é uma das esperanças da esgrima para o próximo ciclo olímpico.

Na briga por medalhas, os Estados Unidos venceu a Argentina por 45-21 e novamente o Canadá numa final, por 45-37, levando o sétimo ouro em oito provas disputas no Pan. A Argentina assegurou o bronze com vitória por 45-35 sobre a Colômbia.

As disputas continuam nesta segunda-feira (1), com o Florete Masculino e Espada Feminina. Essas categorias são as que contam com melhor colocação do Brasil no ranking mundial, e portanto maior chance de classificação olímpica, contando que fiquem a frente do Canadá e conquistem a vaga continental, que provavelmente será liberada se os Estados Unidos terminarem o ciclo olímpico no Top4, assegurando uma vaga pelo ranking.

Foto: Divulgação / Facebook Federação Canadense de Esgrima

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes