Estocolmo ou Milão/Cortina: A reta final sobre a eleição da cidade sede para os Jogos Olímpicos de Inverno em 2026


A cidade anfitriã dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2026 será decidida em Lausanne, na Suíça, no próximo dia 24 de junho, na 134ª sessão do COI .

Os membros do Comitê Olímpico Internacional (COI) votarão entre as duas cidades candidatas, Estocolmo – Åre, na Suécia, e Milão – Cortina d'Ampezzo, na Itália. Os membros suecos e italianos do COI não poderão votar.

Em 24 de maio, o COI divulgou seu relatório da Comissão de Avaliação nas duas candidaturas. A Comissão e as duas sedes candidatas poderão dirigir-se aos membros do COI no dia anterior à eleição.

Calendário de eventos em 24 de junho

Estocolmo – Åre fará sua apresentação final primeiro, às 14:00, no horário local. Eles terão 30 minutos antes de um curto intervalo de 15 minutos.

Milan – Cortina apresentará seu discurso final às 14:45 . Eles também terão 30 minutos.

A Comissão de Avaliação do COI discursa na sessão e promove um debate de perguntas e respostas às 15:15.

A votação será às 16:00, com o anúncio da cidade-sede, agendada para as 18:00. A assinatura do contrato de cidade-sede e uma coletiva de imprensa serão logo depois, às 18h30.

Uma transmissão ao vivo da cerimônia de anúncio em 24 de junho de estará disponível no Olympic Channel. 

Conheça as propostas para os jogos de inverno 2026 

A Comissão de Avaliação do COI visitou Estocolmo – Åre de 12 a 16 de março e Milão – Cortina de 2 a 6 de abril.

Ambos os candidatos propuseram a realização dos Jogos Olímpicos de 6 a 22 de fevereiro de 2026, e os Jogos Paralímpicos de 6 a 15 de março de 2026 . Os calendários detalhados da competição serão desenvolvidos pela cidade anfitriã entre agora e os Jogos.

Estocolmo – Åre

Estocolmo – Åre está propondo quatro grupos de locais, cada um com sua própria Vila Olímpica: Estocolmo (hóquei no gelo, curling, patinação de velocidade, patinação de velocidade em pista curta, patinação artística, esqui cross country, biatlo, evento de equipe alpino, Big Air e esqui aéreo), Åre (esqui alpino, esqui estilo livre, snowboard), Falun (combinado nórdico, saltos de esqui) e Sigulda, Letónia (bobsleigh, luge, skeleton). O local de abrigo dos atletas em Falun seria, na verdade, hotéis.

Nove dos 12 locais de competição propostos pela candidatura já foram construídos, enquanto um está sendo construído, independentemente dos Jogos. Dois novos espaços teriam de ser construídos para os Jogos, para cross country / biatlo e patinação de velocidade.

A Cerimônia de Abertura seria realizada no estádio nacional, a Friends Arena, em Estocolmo, enquanto a candidatura propõe a realização da Cerimônia de Encerramento entre os quatro grupos do local.

Milão-Cortina

Milan-Cortina também propõe quatro zonas de recinto, com seis vilas olímpicas. As zonas sugeridas são: Milão (hóquei no gelo, patinação artística, patinação de velocidade em pista curta), Valtellina (esqui alpino masculino, esqui livre, snowboard), Cortina (esqui alpino feminino, bobsleigh, luge, skeleton, curling, biatlo) e Val di Fiemme (esqui cross-country, combinado nórdico, salto de esqui, patinação de velocidade). Atletas competindo em Valtellina ficariam nos hotéis.

Apenas um local de competição permanente (para hóquei no gelo) precisaria ser construído, embora esteja sendo construído independentemente dos Jogos.

O Estádio Giuseppe Meazza de Milão, também conhecido como San Siro, sediaria a Cerimônia de Abertura, enquanto o antigo anfiteatro romano de Verona é proposto para a Cerimônia de Encerramento.

Histórico como anfitriões

Ambos os candidatos têm um passado como sede olímpica. Estocolmo sediou os Jogos Olímpicos de 1912, assim como os eventos equestres durante os jogos de Melbourne 1956. Cortina d'Ampezzo foi a cidade anfitriã dos Jogos de Inverno de 1956. Além disso, a Itália também sediou os Jogos de Roma em 1960 e Torino 2006.

Foto: Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes