Eliud Kipchoge marca o segundo melhor tempo da história e conquista pela quarta vez a Maratona de Londres


Foi disputada neste domingo (28) a tradicional Maratona de Londres, uma das provas da série "World Marathon Majors". A prova foi de altíssimo nível, com vários atletas correndo abaixo do índice exigido pela IAAF para os Jogos Olímpicos de Tóquio.

No masculino, a prova foi vencida pelo queniano Eliud Kipchoge, com o tempo de 2:02:37, o segundo melhor tempo da história da maratona, sendo que o melhor tempo é dele mesmo, obtido na Maratona de Berlim do ano passado (2:01:39). Esta é a quarta vitória nos últimos cinco anos de Kipchoge em Londres, a segunda de forma consecutiva. 

A prova foi tão boa que o segundo colocado, o etíope Mosinet Geremew marcou 2:02:55, o terceiro melhor tempo da história. Completando o pódio da prova, o seu compatriota Mule Wasihun marcou 2:03:16.

Brasileiro conquista o índice para Tóquio 2020

A prova contou com a participação do brasileiro Daniel Chaves da Silva, que chegou em 15° lugar com o tempo de 2:11:10, vinte segundos abaixo do índice para os Jogos Olímpicos de Tóquio, que é de 2:11:30. Daniel é o segundo brasileiro que já conquistou o índice no atletismo, se juntando a marchadora Érica Sena. Entretanto, a Confederação Brasileira de Atletismo ainda vai divulgar os seus critérios para Tóquio 2020.

No feminino, o Quênia fez dobradinha com a vitória ficando com Brigid Kosgel, marcando o tempo de 2:18:20, quase dois minutos à frente da compatriota Vivian Cheruiyot, campeã do ano passado. A etíope Roza Dereje chegou na terceira posição.

Foto: Virgin Money London Marathon

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes