Snowboard canadense medalhista em PyeongChang é diagnosticado com câncer

O snowboarder canadense Max Parrot, que conquistou a medalha de prata no Slopestyle nos Jogos Olímpicos de Inverno de Pyeongchang, em 2018, foi diagnosticado com câncer aos 24 anos.

Parrot, cinco vezes medalhista de ouro dos X-Games, foi diagnosticado com linfoma de Hodgkin em 21 de dezembro, 10 dias depois de fazer uma biópsia.

Ele passará por um curso de quimioterapia de seis meses e perderá o restante da temporada.

"Foi difícil ouvir as notícias, e ainda é difícil agora", disse Parrot.

"Os primeiros sintomas apareceram quando comecei a coçar minha pele repetidamente. Tudo começou em setembro."

"E então, em novembro, percebi que tinha uma pancada no pescoço. Tinha uma glândula inchada. Vi meu médico de família e ele me mandou fazer uma biópsia. Recebi o diagnóstico alguns dias antes do Natal, confirmando que tinha Linfoma de Hodgkin."

Falando em uma coletiva de imprensa, Parrot revelou que ele já tinha feito uma operação e teve sua primeira rodada de quimioterapia na semana passada.

O linfoma de Hodgkin é um tipo raro de câncer que afeta os glóbulos brancos do sistema linfático, que faz parte do sistema imunológico.

"Eu tenho um novo tipo de desafio para enfrentar", acrescentou Parrot.

"Este é um novo tipo de competição que devo enfrentar e pretendo fazer tudo o que puder para vencer."

Foto:Getty Images


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes