Serena Williams lidera lista de Forbes de atletas femininas mais bem pagas do mundo


Serena Williams foi a atleta feminina mais bem paga pelo terceiro ano consecutivo em 2018, de acordo com uma lista anual publicada nesta terça-feira (21) pela Forbes, lista essa que era dominada por tenistas.

Segundo a Forbes, Serena, que voltou à competição em março depois de dar à luz em setembro passado, ganhou US$ 62 mil em ganhos no ano passado, mas recebeu US$ 18,1 milhões de um portfólio de endosso inigualável entre as mulheres nos esportes.

Ainda segundo a Forbes, a tenista americana, que tentará igualar no US Open o recorde de 24 títulos de Grand Slam de Margaret Court, ganhou duas vezes mais fora das quadras que qualquer outra atleta feminina.

A dinamarquesa Caroline Wozniacki, que conquistou seu primeiro título de Grand Slam no Aberto da Austrália deste ano, ficou em segundo lugar na lista com ganhos combinados de US$ 13 milhões, enquanto a campeã do US Open do ano passado, Sloane Stephens (US$ 11,2 milhões) ficou em terceiro. A espanhola Garbine Muguruza (US $ 11 milhões) e a russa Maria Sharapova (US$ 10,5 milhões) completaram as cinco primeiras colocações.

A atleta indiana de badminton Pusarla Sindhu (US$ 8,5 milhões) e a piloto recém-aposentada Danica Patrick (US$ 7,5 milhões) foram as únicas não-tenistas a chegarem ao top 10, ocupando o sétimo e nono lugares, respectivamente.

Em junho, a Forbes divulgou um ranking dos 100 atletas mais bem pagos do mundo, em que nenhuma mulher apareceu na lista. Serena Williams, que era a única mulher na lista no ano anterior, saiu da relação enquanto esteve de licença-maternidade.

Foto: Times Now


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes