Mundial de Canoagem e Paracanoagem Sprint 2018 - Dia 1

Começou em Montemor-o-Velho(POR) o mundial de canoagem e paracanoagem sprint e logo no primeiro dia, brilhou a estrela do brasileiro Isaquias Queiróz. Tanto na prova do C1 500m quanto na do C1 1000m, o baiano de Ubaitaba terminou na primeira posição de sua bateria e, dessa maneira, garantiu a classificação diretamente para a final. 

Na categoria mais longa, inclusive, o brasileiro de 24 anos teve um tempo melhor que seus rivais diretos, o alemão Sebastian Brendel, tricampeão olímpico, e o tcheco Martin Fuksa, bicampeão mundial. Isaquias disputa a final do C1 500m nessa sexta(24) e do C1 1000m no sábado(25).

Erlon de Souza e Maico dos Santos, dupla formada para o C2 1000 especialmente para o Mundial. Na bateria classificatória, a dupla fez  3m42s987. O suficiente para garantir a classificação às semifinais com o nono tempo geral. Os dois voltam à água nessa sexta-feira (24)

No K1 1000, Vagner Souta ficou fez 3m38s705, o 21º tempo geral. A posição foi suficiente para classifica-lo para a semifinal, que será disputada no sábado (25). Entre as mulheres, Ana Paula Vergutz  foi 24º no geral e avançou para a semifinal, que acontecerá ainda na sexta. Valdenice Conceição ficou em terceiro lugar no C1 200m, com 54s420, se garantindo na semi também, que será sábado.

Na paracanoagem saiu a primeira medalha do Brasil no mundial. Luis Carlos Cardoso, que foi bronze no KL1 200m. Tetracampeão mundial da prova, Luis conseguiu ir ao pódio com mesmo uma costela quebrada, o que engrandece ainda mais o seu feito. No KL2 200m, Debora Benevides terminou em nono e Mari Santili terminou em quarto no KL3.

foto: Reprodução/globoesporte.com

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes