Era Uma Vez... Os Jogos da XVII Olimpíada.

Roma 1960 

Período - 25/08 a 11/09/1960
Nações - 83
Atletas - 5348
Esportes - 17
Eventos - 150






Cinquenta e quatro anos depois da Itália ter que desistir de sediar os Jogos de 1908 devido a erupção do Monte Vesúvio, Roma finalmente teve a chance de organizar uma Olimpíada. A organização aproveitou lugares históricos da capital italiana. A Luta Olímpica foi realizada na Basílica de Constantino, onde eram disputadas lutas 2000 anos antes. Outros locais históricos escolhidos foram as Termas de Caracala (Ginástica) e o Arco de Constantino (chegada da Maratona). Até o Papa foi espectador, assistindo da janela na sua residência de Verão, as semifinais da Canoagem.

Brasil no evento
O Brasil participou com 72 atletas em 14 esportes: Atletismo, Basquete, Boxe, Ciclismo, Futebol, Hipismo, Iatismo, Levantamento de Peso, Natação, Pentatlo Moderno, Polo Aquático, Remo, Saltos Ornamentais e Tiro Esportivo. Em Roma, o país conquistou duas medalhas de bronze. Manuel dos Santos nos 100m livres (Natação) e a equipe de Basquete Masculino, após terminar em 3º lugar no Grupo Final dos Jogos. O Brasil ficou em 39º lugar no quadro de medalhas.

FATOS
- O grande destaque do boxe foi o afro-americano Cassius Clay, com vinte anos de idade, que conquistou o ouro na categoria meio-pesado. Nos anos seguintes, ele se profissionalizaria, abraçaria a fé muçulmana, trocaria o nome para Muhammad Ali e se tornaria o maior pugilista de todos os tempos.

- O dinamarquês Paul Elvstrøm ganhou pela quarta vez consecutiva a medalha de ouro no Iatismo, Classe Finn, se tornando o maior campeão olímpico da Vela na história dos Jogos.

- Pela primeira vez, desde que começou a competir no Hóquei na Grama, a Índia não ganhou o ouro Olímpico. Foi derrotada pelo vizinho e maior rival, Paquistão, por 1-0.

- A África do Sul participou pela última vez nos Jogos antes de ser banida por causa do seu regime de apartheid. Os sul-africanos só voltariam às Olimpíadas 32 anos depois, em Barcelona, após a política de segregação racial ter sido extinta em seu país.

- O atirador finlandês Vilho Ylönen acertou um tiro na mosca na decisão da prova do Tiro de Campo, só que no alvo do atirador ao lado e perdeu a medalha de ouro para o adversário.

- A Iugoslávia, que se classificou nas semifinais no cara ou coroa, ganhou o ouro no Futebol Masculino após três finais seguidas com derrotas, batendo a Dinamarca por 3-1.

- Mesmo com uma concussão e a clavícula quebrada, o cavaleiro Bill Roycroft (AUS) saiu da cama do hospital para garantir a vitória australiana na prova do CCE (Concurso Completo de Equitação) por equipes.

QUADRO DE MEDALHAS
OURO PRATA BRONZE
URS 43 29 31
USA 34 21 16
ITA 13 10 13
GER 12 19 11
AUS 8 8 6
TUR 7 2 0
HUN 6 8 7
JPN 4 7 7
POL 4 6 11
CZE 3 2 3
BRA 0 0 2

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes