Últimas Notícias

Parada das Nações - Serra Leoa



Sigla: SLE

Medalhas na história: Ouro: 0 | Prata: 0 | Bronze: 0 | Total: 0

Em Tóquio... Ouro: 0 | Prata: 0 | Bronze: 0 | Total: 0

Primeira Participação olímpica – Cidade do México 1968



Localizado na costa sudoeste da África Ocidental, Serra Leoa disputou a primeira edição olímpica na Cidade do México em 1968. Entretanto, ficou de fora nas duas edições seguintes, sem conseguir enviar atletas em Munique-1972 e  Aderindo ao boicote africano nos Jogos de Montreal em 1976.


Os africanos voltaram a competir apenas na Olimpíada de Moscou 1980 e desde então estiveram presentes em todas as edições, mas nunca conquistaram uma medalha.A melhor colocação de um atleta de Serra Leoa foi o quinto lugar de Eunice Barber - que anos depois apssou a defender a França em olimpíadas - no heptatlo na Olimpíada de Atlanta em 1996

Moscou 1980 e Atlanta 1996 foi quando Serra Leoa conquistou sua maior delegação, com 14 atletas em cada edição. Em Tóquio 2020, o país enviou quatro representantes em três modalidades: atletismo, natação e judô.

Serra Leoa ainda não classificou nenhum atleta para Paris, devendo ter atletas sendo convidados para estar nos Jogos Olimpícos.


Esportes fortes


Atletismo – Esporte onde o país sempre envia atletas para os Jogos olímpicos e que deu a melhor colocação da história do país em Jogos Olímpicos. Mas hoje, longe dos seus melhores dias, deverá ter atletas em Paris apenas por possíveis convites



Atletas


Foto: Divulgação

Georgeana Sesay (Atletismo) - Sesay, de apenas 20 anos vem obtendo os melhores resultados do país na modalidade. Ficou em 6º lugar nos 400m dos Jogos Africanos disputados esse ano e em 4º lugar nos 400m no Africano sub-20 de atletismo e tem boas chances de receber um convite se não conseguir se classificar via ranking olímpico.


0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar