Últimas Notícias

Nadadora russa Yulia Efimova é autorizada a competir como neutra em Paris

Nadadora russa Yulia Efimova é autorizada como neutra para competir em Paris
Foto: Deepbluemidia/Andrea Staccioli


A nadadora russa se tornou na sexta-feira (14) a primeira nadadora russa a obter a autorização para competir como neutra em Paris 2024.

Detentora de três medalhas olímpicas (prata nos 100m peito e 200m peito no Rio 2016 e bronze nos 100m peito em Londres 2012), recebeu a autorização da World Aquatics.

O Comitê Olímpico Internacional (COI) determinou que para que atletas de Rússia e Belarus pudessem participar dos Jogos como atletas neutros é que eles não apoiassem a Invasão a Ucrânia e fossem filiados a clubes militares.

Em entrevista a Match tv.ru, Efimova disse que: "Eles me deram o status de atleta neutro nesta sexta-feira, mas o grande problema é não ter tempo o suficiente para disputar as qualificações internacionais."

"O mais importante é que a World Aquatics rapidamente considerou a minha viabilidade e me apoiou, assim posso participar dos Jogos."

Entretanto, não tenho visto para entrar na Europa e nem acesso para competições internacionais", lamentou a russa.

Além de Efimova, também foram autorizados: 

Natação: Anastasiya Kuliashova (BLR), Grigori Pekarski (BLR), Anastasiya Shkurdai (BLR), Ilya Shymanovich (BLR), Ruslan Skamaroshk (BLR), Viktar Staselovich (BLR) e Alina Zmushka (BLR)

Nado Artístico: Vasilina Khandoshka (BLR),

O prazo final para obter marcas na natação é 23 de junho.


0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar