Últimas Notícias

FALTAM 35 DIAS PARA PARIS 2024! Saiba mais sobre a campeã olímpica Sarah Menezes



Faltam 35 dias para os Jogos Olímpicos de Paris! E a personagem de hoje em nossa contagem regressiva é a primeira judoca brasileira a conquistar uma medalha de ouro na história. Após três olimpíadas como atleta, ela irá para sua primeira como treinadora. Conheça mais sobre Sarah Menezes, a piauiense que segue brilhando no Judô:


Nome: Sarah Gabrielle Cabral de Menezes

Local e data de  Nascimento: Teresina (PI), 26 de março de 1990


Olimpíadas:

Pequim 2008 - 19ª lugar na categoria 48kg feminino

Londres 2012 - Medalha de Ouro na categoria 48kg feminino

Rio 2016 - 7º lugar na categoria 48kg feminino



Principais conquistas

  • Bronze nos Jogos Pan-Americanos Guadalajara 2011 - Categoria até 48 kg
  • Duas vezes medalha de ouro no Campeonato Mundial Júnior (2008 e 2009)
  • Três vezes medalha de bronze nos Campeonatos Mundiais (2010, 2011 e 2013)
  • Quatro vezes medalha de ouro em Campeonatos Pan-americanos (2010, 2013, 2015 e 2016)
  • Vencedora do Prêmio Brasil Olímpico de 2009
  • Ouro nos Jogos Mundiais Militares de 2015


Sarah Menezes nos Jogos Rio 2016 com a treinadora Rosicleia Campos, a quem Sarah substituiu na seleção brasileira. - Foto: Divulgação COB


Você sabia?

  • Sarah Menezes começou a praticar judô aos 9 anos de idade e enfrentou certa resistência dos pais por ser considerado, na época, um esporte muito masculino.
  • Sarah é fruto dos Jogos Escolares, hoje Jogos da Juventude, sendo bicampeã
  • Com apenas 18 anos, Sarah disputou os Jogos de Pequim 2008, sendo derrotada logo na primeira luta. 
  • Ela é a primeira mulher a conquistar uma medalha de ouro no judô brasileiro, recebida durante os Jogos Olímpicos de Londres em 2012. O Brasil não conquistava um ouro no judô desde 1992.
  • Ainda em 2012, Sarah passou a integrar o Programa de Atletas de Alto Rendimento das Forças Armadas Brasileiras, e chegou a patente de 3º Sargento na Marinha do Brasil.
  • Nos Jogos Olímpicos do Rio 2016, havia uma grande expectativa por medalha de Sarah, mas a atleta acabou superada e sofreu uma luxação no cotovelo, ficando fora da disputa por medalhas. 
  • Em 2018, Sarah Menezes passou a integrar a equipe do Clube de Regatas do Flamengo, como uma peça importante do projeto “Inspiração 2020/2024 – Ídolo gera craque feito em casa”
  • Em 2020, Sarah decidiu se aposentar para se dedicar ao desejo de ser mãe.
  • Em dezembro de 2021, Sarah Menezes foi convidada para ser a técnica da seleção brasileira de judô no ciclo dos Jogos Olímpicos de Paris 2024. Ela substituiu Rosicleia Campos, treinadora nos ciclos mais vitoriosos do judô brasileiro.
  • A estreia de Sarah como técnica foi em janeiro de 2022, no Grand Prix de Almada, em Portugal, quando Rafaela Silva ganhou a medalha de ouro (sua primeira competição após o doping)
  • No primeiro ano como treinadora, Sarah foi indicada ao prêmio de melhor técnica do mundo pela Federação Internacional de Judô.
  • Em janeiro de 2023, a filha de Sarah sofreu um acidente doméstico e teve queimaduras de segundo grau que fizeram a treinadora se afastar da seleção por três meses para acompanhar a recuperação da filha que tem junto ao ex-judoca francês Loic Pietri.


0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar