Últimas Notícias

Na véspera da Copa, técnico da seleção feminina da Zambia é denunciado por abuso sexual contra jogadoras

 

Reprodução

Um caso grave caiu no colo da FIFA nos últimos dias, o técnico Bruce Mwape, da Zâmbia, que disputará a Copa do Mundo Feminina, foi denunciado por abusos sexuais contra as atletas.

A investigação foi iniciada em setembro de 2022, através da Confederação local da Zâmbia, após denúncias de atletas da sua seleção. Entretanto, o caso não andou muito, e quase um ano, prestes a Copa do Mundo iniciar, voltou à tona.

jornal inglês, The Guardian, trouxe as informações e com direito a revelações pesadas pesadas sobre a a própria entidade do país: "A Federação faz vista grossa porque as mulheres têm tido bons resultados. É a maneira de mostrar ao público e às autoridades o sucesso e a boa imagem. Mas, nos bastidores, é muito feio".

Oficialmente, a FAZ, Associação de Futebol da Zâmbia, respondeu o The Guardian com o seguinte comunicado: “Embora não tenhamos registro de reclamações oficiais de ninguém sobre as denúncias, consideramos essas denúncias muito graves e abrimos um inquérito sobre o assunto”, disse o secretário-geral da FAZ, Adrian Kashala, no comunicado. “Vamos colaborar com o Serviço de Polícia da Zâmbia e outras partes interessadas relevantes para lidar com este assunto”.

O presidente da FAZ, André Kamanga, disse em outubro de 2022: “Preferimos que um órgão independente como a Fifa, que tem capacidade para isso, seja capaz de lidar com as investigações”, e completou dizendo: “Definitivamente vamos tomar sanções; temos regras e regulamentos suficientes dentro do futebol com os quais podemos lidar”.

Outra fonte, também não identificada pelo jornal inglês, é de uma atleta que faz um relato grave: "Se ele [Mwape] quer dormir com alguém, você tem que dizer sim. É normal que o treinador durma com os jogadores da nossa equipe". 

A polícia da Zâmbia também foi contactada, mas tanto FIFA quanto a polícia local, não deram informações sobre o caso que está ocorrendo. 

Bruce Mwape iniciou trabalho na seleção da Zâmbia em maio de 2018, e conseguiu bons resultados frente ao seu país. Inclusive disputou as Olimpíadas em 2020, e está na Copa do Mundo de 2023, na Austrália e Nova Zelândia. A seleção faz parte do Grupo C com Espanha, Japão e Costa Rica.

A situação é muito grave, e a FIFA está atuando sobre o caso para tomar as medidas necessárias, isso a poucos dias da estreia da seleção na Copa do Mundo. Inclusive, venceu a Alemanha em amistoso por 3 a 2 e teve um empate em 3 a 3 com Suíça, ambos na preparação da Copa nos últimos dias. A estreia está marcada para o dia 22/07 contra o Japão. 

Vale acrescentar que o treinador do sub-17, Kaluba Kangwa, também está sendo investigado. Resta saber se o caso vai ter um desfecho antes mesmo da Copa do Mundo...  

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar