Últimas Notícias

Michael Woods vence nona etapa do Tour de France; Vingegard lidera, mas diferença para Pogacar diminui

ASO/Charly Lopez


 Foi disputada neste domingo (9) a nona etapa do Toru de France 2023, um trecho de montanha de 182.5km entre Saint Leonard de Noblat e Puy de Dome, que há 35 anos não fazia parte do tour de France. E quem ganhou na volta dessa temível subida foi o Canadense Michael Woods, que chegou no topo em 4h19m41s e se tornou o primeiro vencedor não europeu do Puy de Dome na História do Tour de France. Pierre Latour da França ficou em segundo a 28 segundos e Matej Mohoric da Eslovênia em terceiro.

“Estou orgulhoso de mim mesmo e da minha equipe. É especial vencer aqui. Tenho 36 anos, faço 37 este ano, não estou ficando mais jovem. Vencer uma etapa do Tour de France era meu objetivo final e pude ver a janela se fechando para mim. Esse era o objetivo. Eu gostaria de poder dizer que esta vitória de hoje foi planejada, mas as cartas foram jogadas e eu tive a sorte de ter a melhor mão. Tive de ser paciente e não pensar na vitória quando corria atrás do Jorgenson.  É muito parecida com a vitória que consegui em La Vuelta em 2018: largada muito rápida, muito ataque da equipe antes da subida íngreme final e consegui chegar em primeiro apesar do sofrimento. É um sonho se tornando realidade.” Disse Woods

A liderança continua com Jonas Vingegaard da Dinamarca, que continua com Tadej Pogacar da Eslovênia na sua cola, que após duelo no fim da etapa tirou oito segundos e está agora a 17 de vantagem do líder. Jay Hindler (AUS), Carlos Rodriguez Cano (ESP) e Adam Yates completam o Top 5. 

Os donos das outras camisas são Jasper Philipsen (BEL) com a camisa verde de mais pontos; Neilson Powless (USA) com a camisa de bolinhas de melhor montanhista e Pogacar tem a camisa branca de melhor jovem.

Segunda (10) será o primeiro dia de descanso do Tour de France, que volta apenas na terça (11), trecho montanhoso de 167km entre Vulcania e Issoire. Confira abaixo a chegada da nona etapa: 


0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar