Últimas Notícias

Gabrielzinho promete ir com tudo para tentar quebrar seu próprio recorde

De cadeira de rodas, camiseta e shorts rosa, Gabrielziho, moreno com cabelo raso e barbixa, está acompanhado de sua mãe, morena de vestido preto, que está de pé, segurando a cadeira de Gabriel
Gabriel Araújo e sua mãe no Prêmio Paralímpicos (Foto: Alessandra Cabral/CPB)


Gabriel Araújo é puro carisma, consegue fazer um simples gole de refrigerante ser uma cena descontraída. Ele concorria ao prêmio de atleta da torcida do Prêmio Paralímpicos, um dia após ser eleito o melhor atleta da natação em 2022. Vencedor de atleta do ano no Prêmio Surto Olímpico, Gabrielzinho não levou o prêmio na cerimônia do CPB, mas falou que vai levar medalhas pra casa esse ano.

"Esse ano o meu foco é o Mundial em julho e agosto e o Parapan em novembro", disse o atleta em bate-papo com o Surto Olímpico. Ele revelou que está pegando pesado nos treinamentos e que quer melhorar e crescer ainda mais nas suas provas.

Ele é recordista mundial dos 50m e 150m livre e revelou que está indo atrás de melhorar o seu tempo, ou seja, de quebrar mais uma vez o recorde.

" Estou indo atrás, tem que bater (o tempo), a gente vai atrás de baixar o tempo. Se não for esse ano no Mundial ou no Parapan, vai ser ano que vem em Paris", comentou o atleta com muito bom humor.

O Mundial de natação será em Manchester, na Inglaterra, entre 31 de julho e 6 de agosto. Já o Jogos Parapan-Americanos começarão dia 17 de novembro e se encerram no dia 25 de novembro.

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar