Últimas Notícias

Boxeadoras Bia Soares e Viviane Pereira conquistam a prata no Golden Belt do Marrocos

Bia Soares e Viviane Pinheiro tem seus braços levantados em uma foto montagem
Foto: Divulgação/CBBoxe


O boxe brasileiro encerrou sua participação no Golden Belt de Marrakech, no Marrocos, com três medalhas. Depois do bronze de Ramon Batagello, Beatriz Soares (66kg) e Viviane Pereira (75kg) conquistaram a prata em suas respectivas categorias na sexta-feira (10). Na final, Bia foi superada pela taiwanesa Chen Nien-Chin, enquanto Vivi perdeu para a cazaque Valentina Khalzova. Foi a primeira competição internacional do país na temporada.

Para chegar até a final, tanto Beatriz Soares quanto Viviane Pereira precisaram vencer uma luta cada. Bia havia batido a suíça Yidan Fischer por contagem interrompida dos pontos na categoria até 66kg. Já na decisão, teve uma dura adversária pela frente, Chen Nien-Chin, campeã mundial em 2018. A brasileira conseguiu fazer uma luta equilibrada, mas a taiwanesa levou vantagem nos três rounds e venceu na opinião dos cinco juízes.

Pela categoria até 75kg, Vivi havia passado pela russa Anastasiia Shamonova, por decisão dividida dos árbitros, na semifinal. Enfrentando Valentina Khalzova na final, a brasileira começou melhor. Após início equilibrado, ela encaixou boas sequências de golpes na reta final do primeiro round e levou a vitória na opinião de quatro dos cinco juízes.

Precisando reagir, a cazaque impôs um forte ritmo e conseguiu a vitória no segundo round também na visão de quatro árbitros. Assim, a luta foi empatada e ficou aberta para o terceiro round. Por lá, o combate foi bem equilibrado, mas os cinco juízes deram a vitória para a cazaque, que assim levou a medalha de ouro por decisão unânime.

Dessa forma, o boxe brasileiro encerra seu primeiro torneio internacional do ano conquistando três medalhas: duas pratas e um bronze. Antes de Beatriz Soares e Viviane Pereira, Ramon Batagello havia levado a medalha de bronze na categoria até 86kg no Golden Belt de Marrakesh. O Brasil ainda contou com a participação de Michael Trindade (51kg), que foi desclassificado nas quartas de final.

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar