Segunda leva de atletas sai do Brasil rumo ao Mundial de Atletismo; Darlan Romani viaja para os EUA


Depois de dois meses no Centro de Treinamento de León, na Espanha, o catarinense Darlan Romani, campeão mundial indoor do arremesso do peso, viajou no último domingo (10/7) para a disputa do Campeonato Mundial do Oregon, nos Estados Unidos. O camping, segundo ele, “foi muito bem-sucedido”. Ele contou com o apoio do especialista cubano Justo Navarro e deixou a cidade animado.

Darlan é uma das atrações da seleção brasileira na competição, que será disputada de sexta-feira (15/7) até o dia 24 no Estádio Hayward Field, da Universidade do Oregon. Ele saiu de trem de León para Madri, pegou voo para Washington DC, nos Estados Unidos. E, de lá, segue ainda nesta segunda-feira em outro voo para Portland e, na sequência, de ônibus para Eugene.

“Fizemos um bom trabalho, dedicamos todas as nossas energias e agora é competir”, disse Darlan, que no dia 19 de março conquistou o ouro no Mundial de Belgrado, Sérvia, com o recorde sul-americano em pista coberta (22,53 m). Na oportunidade, o brasileiro superou dois adversários fortes para chegar ao ouro: o norte-americano Ryan Crousier e o neozelandês Tom Walsh, bicampeão olímpico e campeão mundial, respectivamente.

Quarto colocado nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão, em 2021, e no Campeonato Mundial de Doha, no Catar, em 2019, Darlan disputou duas provas na Europa. Foi bronze no 4º Memorial Irena Szewinska, no dia 6 de junho, com 21,45 m. E terminou em quarto lugar na etapa da Liga Diamante de Roma, dia 9 de junho, na Itália, com 21,15 m – nas duas vezes com carga pesada de treinamento.

Catarinense de Concórdia, onde nasceu no dia 9 de abril de 1991, o atleta da ABRA (SP) é recordista sul-americano também ao ar livre, com 22,61 m, marca alcançada em 30 de junho de 2019, em Stanford (USA).

Também tinha chegada prevista para esta terça-feira no Aeroporto Internacional de Portland, os atletas Allan da Silva Wolski (Pinheiros-SP), no lançamento do martelo, e Ana Caroline Miguel Silva (APCEF-MG), no arremesso do peso, além dos treinadores Neilton Moura e Tânia Fernandes de Paula Moura.

Dessa forma, o grupo de brasileiros em Eugene está ficando a cada dia mais consistente e na espera da abertura da competição na sexta-feira (15/7), quando Darlan, Welington Morais e Willian Dourado disputam a qualificação para a final no arremesso do peso marcada para domingo (17/7), a partir das 22:27, no horário de Brasília.

Foto: Carol Coelho/CBAt

Postar um comentário

To Top