Com novo recorde de público, Marrocos se classifica para final inédita da Copa das Nações Africanas Feminina 2022

 

Reprodução: Twitter @CAFwomen

A histórica edição da Copa das Nações Africanas Feminina 2022 já tem suas finalistas decididas. Com mais um recorde de público no futebol feminino do continente, a anfitriã Marrocos venceu nos pênaltis a seleção da Nigéria por 5 a 4, após 1 a 1 no tempo normal. Na outra semifinal, a seleção da África do Sul assegurou sua vaga após vencer a seleção de Zâmbia por 1 a 0. África do Sul e Marrocos se enfrentam na grande final no dia 23 de julho.


Em jogo para um público de 45.562 pessoas, a seleção de Marrocos superou a seleção da Nigéria na disputa por pênaltis, após empate por 1 a 1 no tempo normal. A seleção nigeriana saiu na frente, no entanto, com duas jogadoras a menos não conseguiu segurar a pressão que as anfitriãs impuseram e cederam o empate. Empurradas pela torcida, as marroquinas se mandaram para o ataque e pressionaram até o final da prorrogação mas as jogadoras da Nigéria com muita disposição conseguiram levar a decisão para as penalidades. Por fim, brilhou a estrela da goleira marroquina Khadija Er-Rmichi que pegou a segunda cobrança, garantindo a vitória por 5 a 4 e a vaga inédita na grande final para Marrocos.


A seleção da África do Sul garantiu sua vaga na final com uma vitória de 1 a 0 sobre Zâmbia. O jogo seguiu disputado até os acréscimos quando uma penalidade máxima foi assinalada para as sul-africanas. Após muita reclamação da seleção de Zâmbia, o pênalti foi cobrado e convertido pela jogadora Linda Motlhalo, levando a seleção da África do Sul para a sua segunda final consecutiva. 


A final entre Marrocos e África do Sul garante que teremos uma inédita seleção campeã da Copa das Nações Africanas Femininas e a expectativa é de mais um grande público presente no estádio.



Postar um comentário

To Top