Brasil é prata no masculino por equipes no Campeonato Pan-Americano de ginástica artística

Da esquerda para a direita, Lucas Bitencourt, Arthur Zanetti, Diogo Soares, Arthur Nory, Caio Souza e Leonardo Souza. (Foto: @melogym)

Na noite de ontem (17), o Brasil conquistou a medalha de prata por equipes e encerrou o Pan-Americano de ginástica artística com oito medalhas na categoria masculina: foram três ouros (salto, argolas e individual geral de Caio Souza), três pratas (equipes, argolas e barra fixa) e dois bronzes (barra fixa e paralelas). 

A pontuação total da equipe foi de  244.234. Os Estados Unidos fizeram 245.698 e ficaram com o ouro, enquanto o Canadá anotou 240.034 e conquistou o bronze. 

O destaque individual do Brasil foi Caio Souza. Com a prata por equipes, o atleta chegou a seis medalhas nesse Pan-Americano e confirmou sua posição como melhor ginasta generalista do país no masculino. Souza foi ouro no individual geral e no salto, prata nas argolas e barra fixa e bronze nas paralelas, além de ter sido premiado com o Sportsmanship Award.

Caio Souza mostrando suas medalhas do Pan-Americano. (Foto: Ricardo Bufolin/CBG)

Em comparação com a etapa classificatória realizada na sexta-feira (15), um ponto positivo do time foi a melhora considerável nas apresentações do cavalo com alças. Diogo Soares, o caçula da seleção, fez uma série limpa e sem quedas, enquanto Caio Souza se recuperou de uma saída ruim da última performance.

Arthur Zanetti, já sem dores após lesão, fez ótima apresentação nas argolas e deve seguir em busca de aperfeiçoamento para o Mundial. Já Lucas Bitencourt teve destaque nas barras paralelas, melhorando em quatro pontos sua performance.

Apesar dessas recuperações, a equipe fez apresentações piores no solo, no salto e nas barras paralelas. Na barra fixa, Arthur Nory aumentou consideravelmente o grau de dificuldade de sua série e teve boa execução. Contudo, a queda na saída comprometeu sua nota final. 

Nesse sentido, há uma margem de melhora no desempenho do time, dando esperança de boa participação no Mundial de Liverpool, que acontece no final de outubro, e já é classificatório para Paris 2024. 

Confira as notas dos atletas brasileiros no último dia de Pan-Americano. 

Solo:

  • Diogo Soares: 12.433
  • Arthur Zanetti: 13.400
  • Caio Souza: 13.433

Cavalo com alças:

  • Diogo Soares: 12.167
  • Arthur Nory: 12.633
  • Caio Souza: 13.367

Argolas:
  • Arthur Zanetti: 14.533
  • Caio Souza: 13.767
  • Lucas Bitencourt: 13.100

Salto:
  • Diogo Soares: 14.100
  • Lucas Bitencourt: 14.067
  • Caio Souza: 14.567

Barras paralelas:

  • Diogo Soares: 13.500
  • Caio Souza: 14.367
  • Lucas Bitencourt: 14.067

Barra fixa:

  • Arthur Nory: 12.833
  • Caio Souza: 14.267
  • Diogo Soares: 13.600

Postar um comentário

To Top