Tribunal de Apelações da IBSF anula sanção que impedia os atletas russos de participar das competições de bobsled e skeleton


O Tribunal de Apelações da Federação Internacional de Bobsled e Skeleton (IBSF), anulou a decisão tomada recentemente por seu próprio comitê de suspender a Federação de Bobsled da Rússia (BFR).

A decisão inicial tomada em março de submeter a entidade russa as sanções em resposta à invasão da russa na Ucrânia.

“Hoje, nossa federação recebeu uma decisão do Tribunal de Apelações da IBSF e, com base nesse veredicto, a decisão do Comitê Executivo da IBSF de 2 de março de 2022 de suspender temporariamente nossa federação foi cancelada”, disse a presidente da BFR, Elena Anikina a agência de notícias estatal TASS.

“Estamos muito satisfeitos com está decisão do Tribunal de Apelação da nossa Federação Internacional a desenvolver ainda mais nosso esporte”.

A decisão foi tomada na última reunião, onde foi julgado a reclamação da BFR e de acordo com os membros do tribunal ficou definido por retirar a suspensão imposta.

A decisão da IBSF, foi considerada uma significativa vitória para Rússia.

“A decisão de suspender as sanções da Federação Russa de Bobsled é certamente um evento muito significativo e positivo para nós”, disse o ministro do Esporte russo, Oleg Matytsin.

“Em geral, espero que a remoção de atletas russos das competições internacionais não seja de longo prazo e nos preparemos para lutar por licenças olímpicas”.

“Este é um passo importante para restaurar nosso esporte em condições de pressão colossal, o esporte deve ficar fora da política”.

Isso será um incentivo para várias outras federações russas que também tomaram medidas depois que seus atletas foram banidos de grandes de competições.

Foto: Facebook

Postar um comentário

To Top