Uberlândia recebe etapa final do Circuito Sul-Americano 21/22 de vôlei de praia


No Circuito Sul-Americano de vôlei de praia, as duplas representam seus países na corrida pelo título. E após seis etapas, o Brasil chega à disputa final com chance de festa dupla: é líder do ranking feminino e segundo no masculino, atrás da Argentina. A etapa que define a temporada 2021/2022 começa nesta quinta-feira (12.5), no Praia Clube, em Uberlândia, e o Brasil tem quatro representantes: George/André Stein e Elize Maia/Thâmela, convocados pela CBV, e Ana Patricia/Duda e Bruno Schmidt/Saymon, que competem como convidados da Confederação Sul-Americana. 

Pela regra da competição, apenas a dupla com melhor desempenho na etapa soma pontos para o país..

“Sabemos que é uma etapa importante, porque define o campeão da temporada. Conquistar esse título para o Brasil é fundamental e, além disso, jogaremos diante da nossa torcida, o que é sempre legal. Estamos bem animados”, diz André - sua parceria com George e a dupla Elize Maia/Thâmela foram convocadas pela CBV para a etapa final por serem as mais bem ranqueadas no Circuito Brasileiro entre as de melhor desempenho no Circuito Sul-Americano. George e André foram campeões na primeira etapa, em Santiago (CHI); e Elize e Thâmela ganharam a quinta etapa, em Mollendo (PER), e foram bronze em Santiago.

Ao todo, o Brasil conquistou nove pódios na temporada. Além das medalhas das duplas que disputam a etapa final, Adrielson e Arthur Mariano ganharam o ouro na segunda etapa, em San Juan (ARG); e Ângela e Neide venceram a terceira etapa, em Montevidéu (URU); Na quarta parada do Circuito, em Viña del Mar (CHI), Tainá e Victoria ganharam o título, e Bruno Schmidt/Saymon, o bronze. Vitor Felipe e Renato ficaram com a prata em Mollendo (PER), mesma colocação de Josi Alves e Carol Goerl em Cochabamba (BOL).

Foto: Divulgação/CBV

Postar um comentário

To Top