Favoritos ganham bem no terceiro dia de Roland Garros


O terceiro dia de Roland Garros, quase teve uma zebra, mas nada aconteceu e a terça (24) teve vitórias dos favoritos, despedida emocionante e o russo Daniil Medvedev passando o carro na estreia. 


O número dois do ranking venceu sem dificuldades, sem dar sinais de desconforto em relação a sua cirurgia para retirada de hérnia de disco. O atual campeão do U.S Open fez um triplo 6/2 contra o argentino Facundo Begins e enfrentará o sérvio Laslo Djare na segunda fase.


O grego Stefanos Tsitsipas ralou, mas conseguiu se classificar. Ele enfrentou o italiano número 66 do mundo, Lorenzo Musetti e perdeu os dois primeiros sets por 7 a 5 e 6 a 4, respectivamente. O grego então reagiu de uma forma incrível e fez 6/2 no terceiro set, 6/3 na parcial seguinte e 6/2 no set desempate, evitando uma zebra logo de cara.


Casper Ruud (NOR), número oito do ranking, venceu Jo-Wiffried Tsonga (FRA) por 3 a 1. O francês levou o primeiro set no tie-break e o norueguês fez o mesmo no set seguinte. O terceiro foi o único set a não ir pro game desempate, sendo vencido por Ruud por 6 a 2, no quarto set, ele venceu por 7 a 0 no tie-break e eliminou o atleta da casa.


Ao fim da partida, Tsonga foi às lágrimas, já que esse foi sua última partida na carreira. O tenista de 37 anos vem sofrendo muitas lesões e decidiu se aposentar. Ele foi aplaudido de pé pelo público.



A promessa dinamarquesa Holger Rune derrotou o canadense número 14 do mundo, Denis Shapovalov, por 3 a 0. O jovem de 19 anos ganhou o primeiro set por 6 a 3 e atropelou no segundo, fazendo 6 a 1. O último set foi o mais equilibrado, indo para o tie-break, vencido por 7 a 4.


No feminino,  o destaque ficou para a número quatro do ranking, Paula Badosa (ESP) venceu a francesa Fiona Ferro por 2 a 0, fazendo 6 a 2 no primeiro set e aplicando um pneu no segundo. 


Brasil vai bem nas duplas


O brasileiro Rafael Matos venceu nas duplas masculinas. Em parceria com o espanhol David Vega Hernandéz, eles venceram o mexicano Santiago Gonzalez e o argentino Andreas Molteni, cabeças de chave número 13, por 6/2 e 6/3.


Quem também venceu nas duplas foi Marcelo Melo. Em dupla com o argentino Máximo González, eles eliminaram a dupla formada pelo esloveno Aljaz Bedene e o sérvio Filip Krajinovic por 6/4 e 6/2. 


O único brasileiro a perder nas duplas nesta terça foi Felipe Meligeni, que em dupla com o argentino Sebastián Baez perdeu para o cazaque Andrey Golubev e pro francês Fabrice Martin por 7/5 e 6/3.


Foto: Dylan Martinez/ Reuters


Postar um comentário

To Top