Definidos os revezamentos 4x100m livre do Brasil no Mundial de Budapeste

Balduccini nada entre as raias amarelas. Um dos seus braços e sua cabeça estão acima da água. Ela veste uma touca rosa do Clube Paineiras
Stephanie Balduccini nada no Parque Aquático Maria Lenk - Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

No quinto dia de Troféu Brasil de Natação, foram conhecidos os atletas que vão compor os revezamentos 4x100m livre masculino e feminino no Mundial de Esportes Aquáticos Budapeste 2022. Nesta quinta (7), também teve três atletas fazendo índices para provas individuais. Veja, abaixo, como foram as finais desta noite.

50m costas masculino
1. Guilherme Basseto - Unisanta - 24.90
2. Gabriel Fantoni - Minas - 25.24
3.Guilherme Guido - Pinheiros - 25.31

A primeira final do dia foi a dos 50m masculino. Para a prova, a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) exige uma marca melhor que o do 6º lugar do Mundial de 2019. Guilherme Basseto venceu a prova com um tempo de 24.90, terminando 43 centésimos acima do exigido e piorando os 24.86 da eliminatória.

Os membros do pódio foram os mesmos da prova de 100m. Gabriel Fantoni do Minas levou a prata e Guilherme Guido do Pinheiros ficou com o bronze.

50m costas feminino
1. Andrea Berrino - Flamengo - 28.64
1. Júlia Góes - SESI-SP - 28.90
2. Érika Gonçalves - Corinthians - 29.11
3. Maria Luiza Pessanha - Pinheiros - 29.27

A argentina Andrea Berrino, que defende o Flamengo, conquistou seu segundo ouro em provas do nado costas no Troféu Brasil. Nos 50m costas, ela conseguiu a primeira posição com 28.64. A melhor brasileira na prova foi Júlia Góes, do SESI-SP, com 28.90. O pódio foi completado por Érika Gonçalves, do Corinthians, e Maria Luiza Pessanha do Pinheiros. 

100m livre masculino
1. Gabriel Santos - Pinheiros - 48.68
2. Marcelo Chierighini - Pinheiros - 48.76
3. Felipe Ribeiro - Unisanta - 48.79
4. Vinícius Assunção - SESI-SP - 48.81

Gabriel Santos e Marcelo Chierighini conseguiram o índice para a prova dos 100m livre do Mundial de Budapeste e também vão estar no revezamento 4x100m livre masculino. Na final, Chierighini passou forte nos primeiros 50m, sendo o único com uma parcial abaixo de 23s (22.71). Na volta, Gabriel cresceu e passou o seu colega de clube, batendo na primeira colocação com 48.68. Chierighini levou a prata com 48.76, conseguindo o índice por apenas um centésimo.

A disputa pelas vagas no revezamento foi intensa, com um grupo de quatro atletas na briga. Felipe Ribeiro e Vinícius Assunção conseguiram a classificação, com o atleta do SESI pegando a última vaga por apenas três centésimos de vantagem para Victor Alcará e Luís Gustavo Borges que empataram no quinto lugar.

100m livre feminino
1. Stephanie Balduccini - Paineiras - 54.64
2. Giovanna Diamante - Pinheiros - 54.96
3. Ana Carolina Vieira - Pinheiros - 55.08
4. Giovana Medeiros - Pinheiros - 55.47

Stephanie Balduccini venceu mais uma prova no Troféu Brasil, agora nos 100m livre feminino. Havia uma expectativa de que ela conseguisse o índice para a prova individual, mas a nadadora do Paineiras teve uma largada ruim, e acabou ficando 0.39 acima da marca necessária. 

Ana Carolina Vieira fez um bom início de prova, fazendo ao lado de Stephanie. Nos metros finais, ela acabou sendo ultrapassada por Giovanna Diamante, que ficou com a medalha de prata na prova e ainda fez sua melhor marca pessoal. Giovana Medeiros ficou na quarta colocação. Com a soma dos quatro tempos mais rápidos, as atletas garantiram a participação no Mundial no revezamento 4x100m livre feminino.


200m peito masculino
1. Caio Pumputis - Pinheiros - 2:11.12
2. Evandro Silva - Paineiras - 2:11.62
3. Rafael Rached - Curitibano - 2:15.11

Nos 200m peito, o ouro ficou com Caio Pumputis. Ele assumiu a liderança após a primeira virada e conseguiu manter a primeira posição até o fim. Caio terminou com meio segundo de vantagem para Evandro Silva, do Paineiras, que fez sua melhor marca pessoal. Rafael Rached, do Curitibano, completou o pódio.

Caio com a cabeça e os ombros sobre a água, no movimento característico do nado peito
Caio Pumputis durante as eliminatórias - Foto: Ricardo Bufolin/ECP
A prova teve um atleta conseguindo índice para o Mundial Júnior de Natação. Felipe Gonçalves, do Corinthians, foi o quarto colocado da prova com o tempo de 2:16.06.

200m peito feminino
1. Gabrielle Assis - Corinthians - 2:27.82
2. Pâmela Souza - Flamengo - 2:29.74
- Lucía Barbeito - Argentina - 2:29.75
3. Beatriz Lysy - Pinheiros - 2:32.30

Com o índice fora do alcance, Gabrielle Assis foi para a prova com a meta de quebrar o recorde brasileiro da prova, que é o mais antigo da natação nacional (os 2:27.49 de Carolina Mussi no Troféu Brasil de 2009). Gabriele fez sua melhor marca pessoal e chegou perto do recorde, ficando 0.33 atrás do recorde. Pâmela Souza do Flamengo ficou com a medalha de prata, enquanto Lucía Barbeito, da Argeninta, e Beatriz Lysy, do Pinheiros, receberam o bronze. 

800m livre masculino
1. Guilherme Costa - Unisanta - 7:52.40
2. Stephan Steverink - Flamengo - 7:57.70
3. Diogo Villarinho - Minas - 8:02.99

Guilherme Costa, o Cachorrão, já estava classificado para a prova no Campeonato Mundial por ter sido finalista nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Mesmo assim ele nadou com um bom ritmo durante a prova, liderando de ponta a ponta. Cachorrão venceu com 7:52.40, abaixo do índice para Budapeste 2022. 

Na prova, saíram dois índices para o Mundial Júnior. Stephan Steverink, que ficou na segunda colocação com direito a melhor marca pessoal, e Guilherme Sperandio, do Fluminense, que terminou em quarto lugar com 8:03.05.

Classificados - Mundial de Esportes Aquáticos Budapeste 2022


Masculino:
Bruno Fratus - 50m livre*
Stephan Steverink - 400m medley
Fernando Scheffer - 200m e 400m livre e 4x200m livre
Murilo Sartori - 4x200m livre
Breno Correia - 4x200m livre
Vinícius Assunção - 4x100m e 4x200m livre
Guilherme Costa - 400m e 800m livre
Leonardo de Deus - 200m borboleta
Matheus Gonhce - 200m borboleta
Nicholas Santos - 50m borboleta
João Gomes Júnior - 50m peito
Marcelo Chierighini - 100m livre e 4x100m livre
Gabriel Santos - 100m livre e 4x100m livre
Felipe Ribeiro - 4x100m livre

Feminino:
Viviane Jungblut - 400m e 1500m livre
Jhennifer Conceição - 100m peito
Stephanie Balduccini - 200m livre, 4x100m e 4x200m livre
Giovanna Diamante - 4x100m e 4x200m livre
Giovana Medeiros - 4x100m livre
Ana Carolina Vieira - 4x100m livre
Aline Rodrigues - 4x200m livre
Maria Paula Heitmann - 4x200m livre
Beatriz Dizotti - 1500m livre

*Os finalistas olímpicos de Tóquio 2020 já estão classificados nas suas respectivas provas.

Índices - Mundial Júnior de Natação 2022


Masculino:
Stephan Steverink - 200m e 800m livre e 400m medley
João Pierre Gruttola - 400m livre
Vitor Ballan Sega - 200m livre
Felipe Gonçalves - 200m peito
Guilherme Sperandio - 800m livre

Feminino:
Luiza Lima - 200m borboleta, 400m e 1500m livre e 400m medley

Foto de capa: Satiro Sodré/SSPress/CBDA
Código adsense convertido aqui

Postar um comentário

Bem-vindos ao Surto Olímpico!
Bem-vindos ao Surto Olímpico!
To Top