Daniel Nascimento quebra recorde sul-americano na Maratona de Seul

Danielzinho sorri enquanto corre com a bandeira do Brasil nas costas. Ele veste um uniforme verde do Brasil
Foto: Wagner Carmo/CBAT
O brasileiro Daniel Nascimento conseguiu um ótimo resultado na Maratona de Seul. Danielzinho terminou a prova na terceira colocação com um tempo de 2:04:50 (tempo extraoficial), novo recorde sul-americano da prova. A vitória foi do etíope Mosinet Bayih.

Daniel se manteve a prova inteira no pelotão principal. Nos quilômetros finais, o grupo foi diminuindo, mas o brasileiro continuou na ponta junto com Mosinet Bayih e Herpasa Kitesa da Etiópia. A chegada foi no Estádio Olímpico de Seul, sede dos Jogos Olímpicos de 1988. Bayih entrou no estádio na frente e venceu com um tempo de 2:04:43, com Kitesa e Danielzinho cruzando a linha de chegada alguns segundos depois.


Com a performance em Seul, Daniel Nascimento quebrou o recorde sul-americano da prova. A marca durava 23 anos e pertencia a Ronaldo da Costa, que em 1998 venceu a Maratona de Berlim em 2:06:05, estabelecendo um novo recorde mundial na prova. 

Danielzinho é uma das principais promessas do Brasil na tradicional prova do Atletismo. O atleta de apenas 23 anos fez sua primeira Maratona no começo de 2021 em Lima, no Peru, conseguindo o índice para os Jogos Olímpicos de Tóquio, onde chegou a correr no pelotão da frente mas acabou não concluindo a prova. No final do ano passado, ele havia chegado próximo da marca de Ronaldo da Costa quando conseguiu completar a Maratona de Valência em 2:06:11. 

Foto de capa: Wagner Carmo/CBAT

Postar um comentário

To Top