Ucraniana desiste de prova nas Paralimpíadas, após o pai ser capturado por tropas russas


A atleta Anatasiia Laletina, do biatlo, se retirou da prova de meia distância da categoria sitting (sentada) nesta terça (8), nos Jogos Paralímpicos de Inverno Pequim-2022, após ter conhecimento da captura de seu pai pelas tropas russas na invasão do país a Ucrânia. A informação foi dada pela porta-voz da delegação ucraniana, Nataliia Harach. 


O pai de Anastasiia é soldado das Forças Armadas da Ucrânia e foi preso por soldados russos. Harach ainda falou que um dos assistentes técnicos da equipe, teve sua residência bombardeada em Kharkiv. 


Ela não é a única atleta da Ucrânia afetada pela guerra. Dmytro Suiarko, medalha de bronze na prova de meia distância para deficientes visuais, conquistou o pódio um dia após a sua casa ser destruída durante bombardeios russos.


A Ucrânia conquistou todos os ouros em disputa no biatlo nesta terça, sendo dois completos e se aproximou da China, no quadro de medalhas. O país anfitrião é líder com oito ouros, contra seis dos ucranianos. 


Foto: Issei Kato/ Reuters



Postar um comentário

To Top