Após exclusão, Rússia recorrerá ao CAS para participar dos Jogos Paralímpicos em Pequim



A Rússia confirmou que irá apelar junto a Corte Árbitral do Esporte (CAS) para tentar reverter a exclusão imposta aos atletas do país de disputar Jogos Paralímpicos de Inverno, que terão inicio na sexta-feira (4), em Pequim.

A informação é do site russo TASS

O ministro do esporte da Rússia, Oleg Matytsin, falou que: 'Estamos no momento analisando opções legais para proteger os direitos dos atletas, contra a discriminação de acordo com a sua etnia e o uso do esporte como ferramenta de pressão politica."

"É extremamente inadmissível aplicar qualquer tipo de sanção contra os atletas, uma vez que eles já estão no local de disputa dos Jogos."

"Iremos entrar com um recurso junto ao CAS para consideração antes da cerimônia de abertura", completou Matystin.

Nesta quinta-feira (3), após intensa pressão dos atletas e dos comitês paralímpicos, o Comitê Paralímpico Internacional (IPC) voltou atrás na decisão de permitir que russos e belarussianos de competir como neutros e suspendeu ambos em definitivo dos Jogos.

A Cerimônia de Abertura terá inicio às 9h (Hora de Brasília).

Foto: Divulgação

Postar um comentário

To Top