Na contramão de outras entidades, IBA afirma que vai manter em vigor patrocínio de gigante estatal russa


A Associação Internacional de Boxe (IBA), confirmou ao site inside the games que planeja manter o patrocínio da estatal russa Gazprom, apesar de todas as sanções que as nações ocidentais estão impondo a Rússia devido a invasão a Ucrânia.

A primeira entidade esportiva a boicotar a estatal foi a equipe alemã de futebol Schalke 04, que tinha a Gazprom como patrocínio master.

A UEFA, que também tem como parceira comercial a gigante russa, foi aconselhada a também impor sanções ao patrocinador, que atualmente investe em patrocínio a UEFA cerca de 40 milhões de euro por ano.

Na contramão, a IBA disse que conta com a Gazprom como parceira.

“A IBA continua profundamente preocupada com o conflito na Ucrânia e continuará a monitorá-lo cuidadosamente”, disse a IBA em comunicado.

“Os atuais acordos comerciais do IBA permanecem em vigor”.

O Comitê Olímpico Internacional (COI) já havia demonstrado preocupação da dependência da IBA em relação ao aporte financeiro da gigante estatal russa.

De acordo com relatórios do COI, essa dependência financeira gerou um endividamento da então AIBA e foi uma das muitas razões que gerou a intervenção do COI.

Foto: Divulgação

Postar um comentário

To Top