Gu Ailing termina campanha em Pequim com ouro no halfpipe

Close no rosto de Gu Ailing. Ela sorri enquanto olha para o alto. A esquiadora veste um casaco vermelho e está com um par de óculos de proteção no topo da cabeça

A estrela da casa nos Jogos Olímpicos de Inverno Pequim 2022 conquistou sua terceira medalha olímpica. Gu Ailing venceu nesta sexta-feira (18) a final do esqui estilo livre halfpipe. A chinesa conquistou o favoritismo e levou o ouro com 95.25 pontos. O Canadá fez uma dobradinha no pódio, com prata para Cassie Sharpe e bronze para Rachael Kraker.

Em sua melhor prova, Gu Ailing não deu chances para as adversárias. Logo na primeira volta conseguiu 93.25 pontos para uma volta com duas manobras de 900 graus e dois alley oops. Na segunda descida, a chinesa fez tricks similares e aumentou sua pontuação para 95.25. Na última rodada, Gu já tinha o ouro garantido e apenas fez uma descida com saltos simples, já em clima de volta olímpica.

Gu Ailing durante uma de suas voltas - Foto: Mike Blake/Reuters
As principais adversárias da chinesa na prova eram as canadenses Cassie Sharpe (ouro em 2018) e Rachael Karker e a estoniana Kelly Sildaru. Sharpe foi a que chegou mais próxima de Gu. Ela acertou as três voltas, conseguindo 89.00, 90.00 e 90.75, ficando com a pontuação da última.

Cassie Sharpe na final do halfpipe - Foto: Lisi Neisner/Reurters
A medalha de bronze foi decidida no detalhe. Rachael Kraker conseguiu 87.75 pontos na sua primeira volta e manteve a pontuação até o fim, não conseguindo melhorar nas outras descidas. Kelly Sildaru tentou passar a canadense, mas ficou por pouco na quarta colocação. A esquiadora da Estônia conseguiu 87.00 na segunda volta e 85.00 na segunda, perdendo o bronze por menos de um ponto.

Com os resultados desta sexta-feira, Gu Ailing terminar a sua campanha olímpica com três medalhas. Foram dois ouros (halfpipe e big air) e uma prata (slopestyle).

Foto de capa: Dylan Martinez/Reuters

Postar um comentário

To Top