Faltando menos de um mês para os Jogos Paralímpicos de Inverno em Pequim 2022, atletas do Brasil finalizam preparação na Europa


A menos de um mês para a cerimônia de abertura dos Jogos Paralímpicos de Inverno de Pequim 2022, os atletas brasileiros finalizam a preparação na Europa. Os Jogos ocorrerão de 4 a 13 de março.

A delegação brasileira, em sua terceira participação em Jogos de Inverno, contará com seis atletas: Aline Rocha, Cristian Ribera, Guilherme Cruz Rocha, Robelson Moreira Lula e Wesley dos Santos, pelo esqui cross-country, e André Barbieri, pelo snowboard.

Para finalizar a preparação para a principal competição do ciclo para os esportes de neve, os atletas do esqui cross-country estão na Itália para treinamento.

“Geralmente são dois períodos de treino por dia, podendo ser os dois na neve com duração de 1h a 2h, na academia, treinamento de pliometria ou flexibilidade, que faço no apartamento mesmo. Sem dúvidas, a preparação para Pequim está sendo excelente, pois tive a oportunidade de estar na neve desde novembro. Minha evolução foi grande, fisicamente e tecnicamente”, comentou Aline Rocha, única mulher na delegação brasileira.

No último mês de janeiro, Aline participou do Campeonato Mundial e da etapa de Ostersund, na Suécia, da Copa do Mundo de esqui cross-country. Conquistou duas medalhas de bronze na Suécia.

“Nessa primeira semana está sendo mais rodagens longas e treinos de força. E, nas próximas semanas, vamos começar a aplicar potência e vai ficar cada vez mais específico”, contou Cristian, medalhista de prata na prova sprint no Mundial de esportes de neve 2022.

O programa dos Jogos Paralímpicos de Inverno contempla as modalidades disputadas na neve (esqui alpino, esqui cross-country, biatlo e snowboard) e os esportes de gelo (para hóquei no gelo e curling em cadeira de rodas).

O melhor resultado do Brasil, até agora, foi sexta colocação na prova de 15km do esqui cross-country com Cristian Ribera em PyeongChang 2018.

Foto: Marcio Rodrigues

Postar um comentário

To Top