Com direito a recorde olímpico, Irene Schouten conquista seu segundo ouro em Pequim-2022


A neerlandesa Irene Schouten conquistou nesta quinta (10), o seu segundo ouro nos Jogos de Pequim-2022. Desta vez foi na prova dos 5000m, com direito a quebra de recorde olímpico, que passou de 6:46.91 para 6:43.51.


Esta é sua terceira medalha olímpica. Em PyeongChang-2018, ela foi bronze na largada em massa e na China, foi campeã dos 3000m. Para os Países Baixos, esse é o quarto ouro em cinco provas disputadas da patinação nestes Jogos.


Largando por dentro, ela passou todas as parciais sendo mais rápida que a medalha de prata, Isabelle Weidemann (CAN), que passou os 5000m em 6:48.18. O bronze ficou com a tcheca Martina Sablikova, com o tempo de 6:50.09.


Todas as medalhistas largaram pelo lado de dentro. A recordista mundial Natalia Voronina (ROC), ficou apenas na sexta colocação, fazendo 6:56.99. 


Foto: Phil Noble/ Reuters

Postar um comentário

To Top