Caio Bonfim é prata nos 20km no Sul-Americano de Marcha Atletica


Caio Bonfim (CASO-DF) foi o destaque da seleção brasileira adulta na disputa do Campeonato Sul-Americano de Marcha Atlética, realizado neste domingo (6/2) num circuito de 1 km, montado na Avenida José Larco, em Miraflores, bairro de Lima, no Peru. Ele conquistou a medalha de prata na prova dos 20 km, com o tempo de 1:23:07. Sempre bem disputada, a competição teve largadas a partir das 8 horas de Brasília, com sol e calor de cerca de 23 graus.

"Vim defender meu título, conquistado há dois anos, aqui mesmo no Peru. Fiquei feliz com minha atuação porque dei o meu máximo. Estou bem treinado e vamos subir degrau por degrau durante toda a temporada", comentou Caio, medalha de bronze no Mundial de Londres-2017, dois pódios em Jogos Pan-Americanos (bronze em Toronto-2015 e prata em Lima-2019), além de quarto colocado nos Jogos Olímpicos do Rio-2016.

O campeão foi o peruano Cesar Rodrigues Diburga, com 1:23:00.06, que levou o primeiro título para seu país nesta prova. O equatoriano Jordy Rafael Jimenez, com 1:25:28, ficou com o bronze. Matheus Gabriel Correa (AABLU-SC) terminou em quarto lugar (1:25:53), enquanto Lucas Mazzo (CASO-DF) completou o percurso em oitavo, com 1:31:22, seguido de Paulo Henrique Ribeiro (AABLU-SC), com 1:34:05.

A competição serviu de preparação para os atletas que têm índices para o Campeonato Mundial de Marcha por Equipes, que será disputado nos dias 4 e 5 de março, em Mascate, Omã.

Nos 20 km feminino, Bruna Batista de Oliveira (AABLU-SC) ficou em nono lugar, a brasileira mais bem colocada, com 1:42:55. A vitória foi da equatoriana Glenda Morejón, recordista sul-americana da prova, com 1:31:09.

Nos 35 km masculino, Rudnei Nogueira (UCA-SC) foi o brasileiro mais bem classificado, ficando em sexto lugar, com 2:48:31. Diego Pereira Lima (CASO-DF) terminou em oitavo, com 2:51:04. O ouro ficou com o peruano Luís Henry Campos, com 2:40:18. No feminino, Viviane Lyra (AEVF-RJ) obteve a quarta colocação, com 3:00:50. Já Mayara Vicentainer (Timbó-SC) ficou em 10º, com 3:06:57. O pódio foi todo equatoriano, com destaque para a campeã Paola Pérez, com 2:48:27.

Foto: Divulgação/CBAt

Postar um comentário

To Top