Rayssa Leal supera Pamela Rosa na última manobra e vence a etapa de Criciúma do STU

De rosa, Rayssa Leal pula o corrimão prata com seu skate, que está tocando o obstáculo com a parte de trás

Repetindo a história do seu título na primeira etapa da SLS em 2021, Rayssa Leal superou Pamela Rosa e venceu a etapa de Criciúma do STU (Circuito Brasileiro de skate) neste domingo (16). A adolescente marcou 15.24 pontos, contra 14.08 de Pamela. Gabi Mazetto foi a terceira com 9.38 pontos e Marina Gabriela ficou em quarta com 8.87.


Rayssa foi para a superfinal com a maior pontuação, 10.92 e viu Pamela ultrapassa-la após a paulista conseguir alterar sua nota das voltas e de uma manobra. A maranhense respondeu com com um backside smith na primeira manobra, pontuado em 2.10 e voltou para a liderança.


Pamela inverteu a classificação de novo fazendo um crooked grind e deixou o "problema" para Rayssa resolver. A jovem fez um flip rockslide na última tentativa, recebendo 4.82 e correu para comemorar com as outras skatistas.  


Terceira colocada, Gabi Mazetto teve a oportunidade de refazer a sua volta após ser atrapalhada pelo skate de outro atleta, mas não conseguiu alterar sua nota após cair na volta e nas manobras, mantendo a pontuação da primeira parte da final.


Marina não conseguiu disputar a vitória, mas conseguiu alterar bem sua pontuação, trocando a nota de sua volta de 3.37 para 4.39, subindo sua pontuação para 8.52 e aumentando ainda mais, com um tailslide pontuado em 1.48 nas manobras.


Rafaela Murbach (6,55), Virgínia (6,52), Giovana Dias (5,76) e Karen Feitosa (5,53) fecharam as oito primeiras. 


No próximo sábado (22), será a vez do skate park ter a sua etapa em Criciúma. O evento terá transmissão do Sportv 2 e da TV Globo.

Lucas Rabelo vence no masculino

De camisa preta e boné, Lucas Rabelo segura a prancha de seu skate com a mão direita e com sorriso no rosto
Lucas Rabelo com o shape do seu skate (Foto: Marcel Marguizo)


Vice-campeão mundial e ouro no Pan Júnior de Cali-2021,  Lucas Rabelo venceu a disputa masculina chegando a marca dos 22 pontos, a prata ficou com Wilton Souza e o bronze com Eduardo Neves, João Lucas Alves foi o quarto colocado.


Na parte das voltas, Lucas foi o único a fazer uma volta limpa e descartou seu 5.92 da primeira fase da decisão, por 6.19. Ele garantiu o título já na primeira manobra, com um nollie 270º seguido de um noseslide, alcançando 8.88 e conseguindo a maior nota da competição. 


João Lucas tentou aumentar sua pontuação com um double hardflip seguido de um rockslide, mas acabou tocando a mão no chão e perdeu a chance de pódio. 


Quem conseguiu melhorar sua pontuação e ir para o pódio foi Wilton, que subiu para a segunda colocação com um backflip fakey nosegrind, trocando seu 7.00 por um 8.21. 


Foto: Julio Detefon/ CBSk

Código adsense convertido aqui

Postar um comentário

Bem-vindos ao Surto Olímpico!
Bem-vindos ao Surto Olímpico!
To Top