Yaras superam adversárias com folga no primeiro dia do Sul-Americano de Rugby Sevens - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Yaras superam adversárias com folga no primeiro dia do Sul-Americano de Rugby Sevens

Compartilhe

As Yaras confirmaram seu favoritismo nos três primeiros confrontos do Campeonato Sul-Americano de Rugby Sevens - Valentin Martínez, realizados hoje (12) no estádio do Carrasco Polo Club, em Montevidéu. Comandada pela capitã Luiza Campos, a seleção brasileira derrotou a Costa Rica por 59 a 0, a Guatemala por 55 a 0 e, por fim, a Argentina por 29 a 12.

Amanhã (13), também com transmissão exclusiva e gratuita no aplicativo da Sudamerica Rugby, as Yaras encerraram a fase classificatória contra as anfitriãs do Uruguai, às 9h22, horário de Brasília. As semifinais serão às 12h57 e às 13h19 e a final, às 15h43.

“Sentimos que foi um bom primeiro dia de torneio porque garantimos os resultados. Mas podemos subir nosso nível fazendo pequenos ajustes, corrigindo alguns erros. Assim, podemos encerrar o torneio com mais três triunfos e alcançar nossos objetivos que são o título e a vaga para a Copa do Mundo”, avaliou Isadora “Izzy” Cerullo, uma das mais experientes do grupo treinado por William Broderick.

O jogo coletivo, em que várias jogadoras se destacaram defensiva e ofensivamente, foi o fator que pendeu a favor do time brasileiro. No embate mais difícil do dia, contra a Argentina, as Yaras controlaram o ritmo do jogo a maior parte do tempo, bem mais presente no campo adversário. Depois de uma recuperação de bola, Izzy abriu o placar com um try a 1 minuto e meio. Três minutos depois, Bianca Silva e Raquel Kochhann ampliaram a vantagem com try seguido de conversão.

As Yaguaretés reagiram faltando um minuto com try de Deborah Hernandez e conversão de Sofia Gonzalez. Mas a ponta maranhense Thalia Costa manteve a folga no placar anotando um try já nos descontos. Ela recebeu um passe de Luiza Campos, que atravessou quase toda a extensão do campo para servir à companheira bem próximo do in-goal.

Na segunda etapa da partida, apesar de sofrerem mais um try argentino (Miryam Mattus), as brasileiras mantiveram a tranquilidade e o domínio das ações. Pontuaram com mais dois tries (Marcelle Souza e Thalia Costa) e uma conversão da abertura Kochhann, que comandou o esquema defensivo brasileiro e assinalou 14 conversões nestas rodadas iniciais. Thalia se destacou sobretudo pelos nove tries marcados até agora no torneio.

Foto: Sudamerica Rugby

Nenhum comentário:

Postar um comentário