Jornalista da mídia estatal chinesa divulga filmagens de Peng Shuai em restaurante - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Jornalista da mídia estatal chinesa divulga filmagens de Peng Shuai em restaurante

Compartilhe

Um jornalista da mídia estatal chinesa Global Times postou neste sábado (20) em seu Twitter, dois vídeos da tenista Peng Shuai, que está desparecida após denunciar em postagem no Weibo (uma espécie de Twitter) ter sido estuprado pelo ex-vice primeiro ministro da China, Zhang Gaoli. O crime teria ocorrido em 2018, após a saída de Zhang da política. No vídeo, ela está em um restaurante com seu treinador e amigos.


A ex-número um do mundo teve sua conta banida e não é vista desde o dia 2 de novembro. O editor do Global Times, Xijin Hu, que postou a fimagem, afirma que as imagens foram feitas neste dia 20 em Pequim. 


O fato não é confirmado, já que não há referências a data da gravação no vídeo. A China vem recebendo pressão dos EUA e de outros países para se pronunciar sobre o assunto. Tenistas do Circuito Mundial e a WTA subiram o tom das críticas e a federação ameaçou retirar torneios do circuito feminino do país, incluindo os que estão programados para 2022.


O presidente da entidade, Steve Simon, falou sobre o novo vídeo. Estou feliz em ver os vídeos divulgados pela mídia estatal chinesa que parecem mostrar Peng Shuai em um restaurante em Pequim. Embora seja positivo vê-la, não está claro se ela é livre e capaz de tomar decisões e agir por conta própria, sem coerção ou interferência externa"


"Este vídeo por si só é insuficiente. Como afirmei desde o início, continuo preocupado com a saúde e segurança de Peng Shuai e que a alegação de agressão sexual está sendo censurada e varrida para debaixo do tapete.", completou. 


Atualização do dia 21/11 às 00h37: Peng foi vista na final de um torneio júnior de tênis em Pequim. Segundo a agência Reuters, organizadores postaram foto dela nas redes sociais. Confira sua aparição no vídeo abaixo. 


Foto: Reprodução/ AFP

Nenhum comentário:

Postar um comentário