Brasil terá cinco finalistas no Mundial de skate street - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Brasil terá cinco finalistas no Mundial de skate street

Compartilhe

            

O Brasil garantiu neste sábado (13), a presença de cinco atletas nas finais do Mundial de skate street, na Flórida. No feminino, Pamela Rosa se juntou a Rayssa Leal após ser a primeira colocada na semi feminina com 16.2 pontos, já no masculino, Lucas Rabelo e Kelvin Hoefler fizeram 26.5 e 26.3 pontos, respectivamente e passaram em primeiro e segundo para a final que ainda contará com Felipe Gustavo.


A final das mulheres é às 14h e a dos homens será às 16h30, com transmissão do Sportv 2 e do Youtube da SLS. Pamela esteve em todas as finais de etapas da liga, desde que entrou para o circuito em 2018.


Na volta, a paulista de São José dos Campos fez 4.9 e ficou momentaneamente na segunda colocação. Na parte das tricks (manobras) ela se utilizou de manobras no corrimão pontuadas em 4.8 e 6.5, somando 16.2 pontos e se classificou para a final.


Completam a final as neerlandesas Candy Jacobs e Keet Oldenbeuving e a norte-americana Samarria Brevard. A outra brasileira na semi, Marina Gabriela tirou 3.5 na volta e errou três manobras, somando apenas 4.9 na segunda parte, totalizando 8.4 e terminando na última colocação. 


Lucas Rabelo caprichou na volta e fez 8.5. Com um noseblend slide, de primeira, ele tirou 7.1 na primeira trick e na segunda ele fez um nollie para 8.7. Ele fez duas vezes seguidas um ollie 270º de front, com 8.7 na primeira e 9.3 na segunda, passando na liderança para delírio da torcida.


Kelvin atingiu o 9 club logo de cara, fazendo 9.1 na sua volta. Fazendo um  flip boardslide para 8.7 e um taleslide de back para 7.9, ele foi para quarta colocação e assumiu a vice-liderança com mais um flip boardslide, somando mais um 8.7 e se classificando com uma ótima pontuação



Carlos Ribeiro fez uma excelente volta e recebeu 9.0 dos juízes. Inspirado, ele fez 8.5 na primeira manobra com um switch stance bluntslide, voltando de fakey e somou mais 8.3 percorrendo o corrimão na terceira manobra, somando 25.8, batendo na trave do Top-4, não se classificando por 0.4.



Sofrendo com quedas, Filipe Mota ficou com 4.5 na parte das voltas. O jovem de 14 anos errou na primeira manobra, mas se recuperou na segunda com um flip taleslide de back, recebendo 8.0 dos juízes, o público discordou da nota e vaiou os jurados. Ele acabou caindo nas outras duas manobras e ficou na 17ª colocação, na frente de Luan Oliveira, que somou 5.2 da volta e 6.5 de uma manobra.


A semifinal ainda classificou Jagger Eaton e Shane O'Neil, que fez 9.4 na sua volta, conquistando a maior nota em voltas da temporada.


Foto: Reprodução/ Instagram SLS

Nenhum comentário:

Postar um comentário