Monteiro tem estreia difícil, mas vence em Buenos Aires; brasileiros começam bem em torneios Challenger e ITF - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Monteiro tem estreia difícil, mas vence em Buenos Aires; brasileiros começam bem em torneios Challenger e ITF

Compartilhe

Vários tenistas brasileiros estiveram em quadra nesta terça-feira (19), em torneios ATP Challenger e ITF. Destaque para o melhor brasileiro no ranking mundial masculino, Thiago Monteiro (92º), que venceu por 2 sets a 1, o argentino Hernan Casanova, em sua partida de estreia no ATP Challenger de Buenos Aires.

Entre outros destaques, estão também a vitória da dupla de Laura Pigossi e Carolina Meligeni Alves no ITF Rio do Sul, além dos triunfos de Matheus Pucinelli, no Challenger de Bogotá, e de Felipe Meligeni Alves, no Challenger de Buenos Aires.

Monteiro sofre, mas vence em três sets

Número 1 do Brasil, o tenista cearense Thiago Monteiro precisou de 2h36 de jogo para vencer Hernan Casanova (331º), por 2 sets a 1 (7-6 [7], 3-6 e 6-2) em sua estreia no ATP Challenger de Buenos Aires. Cada um dos tenistas cederam 11 break points em toda a partida, com cinco quebras de cada lado. No entanto, o brasileiro se destacou mais nos saques, disparando cinco aces, contra apenas um do adversário, além de ter um aproveitamento melhor nos pontos com primeiro serviço (65% contra 55%).

O primeiro set teve seis quebras de saque, o que levou a disputa do tiebreak. O desempate foi extremamente equilibrado, e a maior vantagem aberta foi exatamente no final da parcial, quando Monteiro fechou por 7-6, com 9 a 7 no tiebreak.

Já na segunda parcial, Casanova foi dominante e conquistou duas quebras de saque, no terceiro e nono games, não dando chances para Monteiro, para triunfar por 6-3 e levar o jogo ao terceiro set.

Na última parcial foi a vez do tenista cearense comandar as ações e rapidamente abrir 4-1 no placar, com duas quebras de serviço. Sem perder pontos jogando com o primeiro saque (11/11), Monteiro fechou o set por 6-2 e garantiu a vitória.

Nas oitavas de final do torneio, Monteiro encara Nicolas Kicker, outro tenista da casa, atual número 259 no ranking da ATP.

Laura Pigossi e Carolina Meligeni Alves estreiam com vitória em Santa Catarina, nas duplas

Foto: Luiz Candido/CBT

Duas medalhistas brasileiras uniram forças para a chave de duplas do ITF W25 de Rio do Sul, em Santa Catarina. Laura Pigossi, bronze nas duplas nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 e Carolina Meligeni Alves, bronze nas duplas durante os Jogos Pan-americanos de Lima 2019, formaram a parceria e estrearam com vitória no torneio.

Elas derrotaram outra parceria 100% brasileira, formada por Ana Candiotto e Julia Klimovicz, com placar de 2 sets a 0, com parciais de 6-1 e 6-1, em apenas 56 minutos de jogo. Laura e Carolina não cederam break points durante a partida e quebraram cinco vezes o saque das adversárias.

Na próxima fase, Laura e Carolina encaram a dupla de outra brasileira, Thaisa Pedretti e da chilena Fernanda Astete, que também aplicaram 2 sets a 0 (com duplo 6-1) durante a partida de estreia no torneio brasileiro.

Felipe Meligeni vence em Buenos Aires e Matheus Pucinelli vence em Bogotá

Após fazerem a semifinal do ATP Challenger de Santiago, no último sábado, Felipe Meligeni Alves e Matheus Pucinelli tomaram caminhos diferentes na gira sul-americana de tênis nesta semana.

Felipe Meligeni (187º) fez sua estreia no ATP Challenger de Buenos Aires e venceu o tenista da casa, Juan Bautista Torres (577º). O brasileiro precisou de 1h32 para bater o adversário por 2 sets a 0 (6-2 e 6-4), em partida com 11 quebras de serviço. Na próxima fase, Meligeni duela contra o boliviano Hugo Dellien, cabeça de chave 5 no torneio.

Na Colômbia, pelo ATP Challenger de Bogotá, Matheus Pucinelli (287º) também não encontrou grandes problemas para sair de quadra com a vitória em sua estreia diante o francês Alexis Gautier (337º). Placar de 2 sets a 0 (6-2 e 6-1), em 1h11.

Pucinelli fez bom jogo, não teve o serviço quebrado e salvou o único break point cedido, mostrando bom aproveitamento nos pontos jogados em seus games de saque. Nas oitavas de final ele encara o colombiano Alejandro Gonzalez (461º), que eliminou o cabeça de chave 3 do torneio, Vit Kopriva (CZE), em sets diretos.

Quem não teve o mesmo desempenho de Pucinelli foi o gaúcho Orlando Luz (288º). Ele acabou eliminado do ATP Challenger de Bogotá, após derrota por 2 sets a 0 (7-5 e 6-2) contra o austríaco Gerald Melzer, em batalha de 1h21.

Foto: Challenger de Buenos Aires

Nenhum comentário:

Postar um comentário