Buscando subir na classificação, clube de Eric Jouti tem mais um desafio pela Superliga Polonesa de tênis de mesa - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Buscando subir na classificação, clube de Eric Jouti tem mais um desafio pela Superliga Polonesa de tênis de mesa

Compartilhe

O brasileiro Eric Jouti tem mais dois desafios neste fim de semana pela Superliga Polonesa. O clube dele, Sokolów S.A Jaroslaw, vai encarar dois adversários que também estão na parte de cima da tabela. Nesta sexta-feira (15), enfrentam o sexto colocado na competição, Dojlidy, às 13h (de Brasília). No domingo, o embate será contra o Gwiazda (terceiro lugar da Superliga), às 11h.

O Jaroslaw engatou uma boa sequência na Superliga Polonesa de Tênis de Mesa. Vindo de duas vitórias seguidas, o clube de Eric Jouti subiu para a quarta colocação do campeonato e pretende permanecer entre os primeiros. Para isso, o brasileiro, que enalteceu a boa fase da equipe, acredita que o plantel precisa acreditar no potencial do time e isso tem de ser feito já nas rodadas do final de semana.

Dentre os triunfos recentes, o brasileiro participou ativamente da vitória contra AZS Awfis Balta pela sexta rodada. No duelo, Jouti derrotou Tomasz Tomaszuk por 3 a 0 e, posteriormente, ele e Mateusz Czernik uniram forças para superar Szymon Malicki e Tomaszuk por 2 a 0, no jogo que garantiu o Jaroslaw como vencedor por 3 a 2.

“As vitórias no individual e nas duplas são importantes, mas o que realmente importa é se o time venceu no final do confronto. Foi nossa segunda vitória seguida, precisamos seguir acreditando em nosso potencial como um time porque acredito que esse é o caminho para o topo da tabela”, avaliou o mesa-tenista do Brasil, que não foi à mesa no triunfo do clube contra o Morliny por 3 a 1 pela quinta rodada.

Apesar de ter ajudado a equipe a sair com o resultado positivo na partida diante do AZS, Jouti ainda não acha que desempenhou 100% do que poderia.

“Acredito que não joguei meu melhor nível, mas tive as ferramentas necessárias para virar o primeiro set, que estava 5 a 0 para ele (Tomas Tomaszuk) e fechar em 12 a 10. Consequentemente, aquela partida ficou mais tranquila após o segundo set”, avaliou.

O brasileiro ainda analisou o seu desempenho no jogo desempate, que é definido por uma partida de duplas na Superliga Polonesa, e acredita que sua equipe está mais preparada para ocasiões semelhantes no futuro.

“Nas duplas, eu penso que as chances são de 50 a 50% se os parceiros de equipe nunca jogaram juntos. Isso vale para equipe adversária. Contra o AZS, foi meu segundo jogo com ele (Mateusz Czernik) e é sempre importante sair com a vitória, porque nos dá mais confiança e entrosamento. Caso nos próximos jogos chegarmos no 2 a 2, já estaremos mais preparados”, concluiu.

Foto: Arquivo Pessoal

Nenhum comentário:

Postar um comentário