Sérvia vence Mundial Jr. de Polo Aquático; Brasil fica em 10º lugar

Equipe da Sérvia posa para foto dentro da piscina. No gol, está pendurada uma grande bandeira do país

Algoz do Brasil nas oitavas de final, a Sérvia venceu o Campeonato Mundial Júnior de Polo Aquático, disputado em Praga na República Tcheca. Os sérvios venceram a Itália por 10 a 8  para conquistar o terceiro título do país na competição (além de dois títulos como Sérvia e Montenegro).

A final foi acirrada com boa parte do jogo tendo uma das equipes com apenas um gol de vantagem no placar. A Sérvia ampliou a diferença para dois gols no começo do último quarto e conseguiu manter até o final do jogo. Entre os destaques da seleção sérvia, estão Marko Radulovic, eleito melhor jogador do campeonato e autor de dois gols na final, e o goleiro Vladmir Misovic, que fez nove defesas no jogo do título.

A seleção de Montenegro ficou com a medalha de bronze no torneio. O pódio veio após vitória contra a Hungria por 12 a 11 na disputa pela terceira posição.

BRASIL TERMINA EM 10º LUGAR

Jogadores e comissão técnica do Brasil no Mundial Júnior de Polo Aquático posam para foto
Seleção brasileira sub-20 no Mundial Junior de Polo Aquático - Foto: Divulgação/CBDA
A seleção brasileira masculina sub-20 finalizou o torneio na décima posição, após perder para a Alemanha por 16 a 6 na disputa pelo nono lugar. Os gols do Brasil no jogo, foram marcados por Danilo Puls (2), Pedro Pereira, Bruno Chiappini, Alípio Júnior e Vinicius Melges.

Marcelo Chagas, técnico da equipe, avaliou positivamente a participação do Brasil na competição. “A seleção brasileira se portou muito bem. Evoluímos muito durante a competição, ganhamos ritmo e fizemos excelentes jogos durante o Mundial. É uma seleção muito talentosa e que vai dar muitos frutos nos próximos anos”, afirmou o treinador.

Esse é o segundo melhor resultado do polo aquático brasileiro na competição. A melhor campanha foi no Mundial de 2013, em Szombathely, na Hungria, quando o Brasil terminou na sétima colocação.

Foto de capa: Reprodução/Youtube/FINA

0 Comentários