Medalhista olímpico Klete Keller admite culpa em invasão ao Capitólio




O cinco vezes medalhista olímpico de natação, o estadunidense Klete Keller, assumiu culpa da acusação dos crimes durante a invasão do Capitólio, em protesto no dia 6 de janeiro.

Keller reconheceu participação ativa na invasão ao Capitólio em protesto contra o governo eleito de Joe Biden e a presidente da câmara Nancy Pelosi.


O ex-atleta também reconheceu que jogou fora distintivos dos Estados Unidos e depois como forma de dificultar as investigações destruiu seu celular e o cartão de memória para apagar evidências de sua presença na invasão ao Capitólio.


Keller, de 39 anos, competiu nas edições olímpicas de 2000, 2004 e 2008 e conquistou duas medalhas de ouro e uma de prata nos no revezamento 4 x 200 m, além de dois bronzes nos 400 m livre.


Ele confessou a culpa e concordou em cooperar com as autoridades como parte do acordo de confissão para reduzir sua pena.


Foto: AFP


Postar um comentário

To Top