Italiano Massimo Stano vence a marcha atlética 20km; Caio Bonfim fica em 13º - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Italiano Massimo Stano vence a marcha atlética 20km; Caio Bonfim fica em 13º

Compartilhe

O italiano Massimo Stano conquistou a medalha de ouro na prova da marcha atlética 20km masculino em Tóquio 2020, com o tempo de 1:21:05. Sem grandes resultados na carreira, o marchador surpreendeu e conquistou o terceiro título olímpico do atletismo italiano nesta edição. O pódio teve ainda dois atletas japoneses, Ikeda Koki e Yamanishi Toshikazu, que ficaram com prata e bronze respectivamente.

A prova disputada na cidade de Sapporo contou com a participação de três marchadores brasileiros. O melhor entre eles foi Caio Bonfim, que cruzou a linha de chegada com 1:23:21, na 13ª colocação. Matheus Corrêa ficou em 46º, com 1:31:47. Já Lucas Mazzo abandonou a prova no quilômetro 16.

A prova

Quem começou comandando a prova nos dois primeiros quilômetros foi o japonês Yamanishi Toshikazu, com 8:29 de parcial. Enquanto isso, os brasileiros Caio Bonfim, Matheus Correa e Lucas Mazzo seguiram juntos no top-20.

No desenrolar da marcha, Correa recebeu uma advertência, enquanto Mazzo levou duas, complicando sua situação na prova. Naquela altura, o chinês Wang Kaihua liderava com pequena vantagem para o indiano Sandeep Kumar.

Com câimbras, o marchador turco Salih Korkmaz abandonou a prova aos 23 minutos. O atleta já havia sentido o problema no início da marcha, mas tentou manter o ritmo para seguir sua participação.

O primeiro marchador a receber a punição de dois minutos parado foi o lituano Marius Ziukas, na faixa entre 6 e 8km. No pelotão da frente, a cada quilômetro Caio Bonfim foi se firmando no top-25 da classificação, após ter perdido posições depois da primeira parcial.

Aos 37 minutos de prova, na faixa dos 9km, o marchador guatemalteco Jose Alejandro Barrondo levou sua quarta punição e foi desqualificado. Já o líder da prova, o chinês Wang, chegou na marca dos 10km com tempo de 40:55, colocando uma volta no lituano Ziukas.

Corrêa levou sua terceira punição no quilômetro 14 e precisou ficar parado por dois minutos. Outro atleta que foi punido e precisou até mesmo abandonar a prova foi o russo vice-campeão mundial Vasiliy Mizinov. O brasileiro Bonfim, melhor representante do país desde o início da prova, cruzou a volta em 14º.

Na faixa dos 16km, foi a vez de Mazzo abandonar a prova. Na parte da frente, o italiano Massimo Stano capturou a liderança da marcha e passou a ser seguido de perto pela dupla japonesa de Yamanishi Toshikazu e Ikeda Koki.

Com boa vantagem aberta, Stano venceu a prova, ficando com a medalha de ouro, a sétima da Itália em Tóquio 2020.

Foto: Kim Hong-ji/Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário