Bulgária leva o ouro no conjunto da ginástica rítmica - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Bulgária leva o ouro no conjunto da ginástica rítmica

Compartilhe

A dinastia russa foi quebrada. Após cinco ouros seguidos da Rússia, a Bulgária venceu a competição dos conjuntos na ginástica rítmica em Tóquio 2020. As búlgaras fizeram ótimas séries com grau alto de dificuldade para superar o conjunto do Comitê Olímpico Russo que ficou com a prata. A Itália conquistou a medalha de bronze.

A primeira apresentação foi com as cinco bolas. A Bulgária, que havia tirado a melhor nota da eliminatória, repetiu o bom desempenho e conseguiu 47.550 pontos. A apresentação foi ao som de música folclórica búlgara, com um toque de eletrônica. 

O conjunto do Comitê Olímpico Russo fez uma bela apresentação ao som da ópera “Príncipe Igor” e conseguiu 46.200 pontos, aumentando a nota em relação à fase de qualificação.

Na prova mista, com três aros e dois pares de maças, a Bulgária se apresentou ao som do balé russo “Spartacus”. As búlgaras fizeram uma série de alto grau de dificuldade e conseguiram acertar a sua rotina para conseguirem 44.550 pontos.

Conjunto da Bulgária aguardando a sua nota na prova mista - Foto: Lisi Neisner/Reuters
Encerrando a competição, as russas fizeram sua série mista ao som da ópera “Ruslan e Liudmilla”. O conjunto russo conseguiu 44.200 pontos, não conseguindo ultrapassar a Bulgária, quebrando uma sequência de cinco ouros da Rússia no conjunto.

Na disputa pela medalha de bronze, a Itália entrou na final como favorita, tendo ficado em terceiro lugar na eliminatória. As italianas fizeram boas apresentações, melhorando em 0.550 a sua pontuação da fase preliminar. A principal rival pelo bronze era Belarus, que havia cometido um erro na qualificação, mas superou a Itália na série com as cinco bolas. Porém, na prova mista as belarussas perderam o controle de um arco e uma maça durante a apresentação, terminando na quinta posição.

Conjunto da Itália na apresentação com as cinco bolas - Foto: Lindsey Wasson/Reuters

Classificação final
1. Bulgária 92.100
2. Comitê Olímpico Russo 90.700
3. Itália 87.700
4. China 84.550
5. Belarus 84.050
6. Israel 83.850
7. Ucrânia 77.600
8. Japão 72.500

Foto de capa: Mike Blake/Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário