Seleções masculina e feminina de tênis de mesa realizam primeiros treinos no Japão - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Seleções masculina e feminina de tênis de mesa realizam primeiros treinos no Japão

Compartilhe


A segunda modalidade a ocupar seu lugar na base de Hamamatsu, do Time Brasil, foi o tênis de mesa. Os oito integrantes da equipe, sendo seis titulares e dois reservas, e a comissão técnica chegaram à cidade na última terça-feira, dia 13, fizeram o reconhecimento da Arena Sawayaka no dia seguinte e, nesta quinta (15), realizaram a primeira atividade. A delegação é formada por Hugo Calderano, Gustavo Tsuboi, Vitor Ishiy, Bruna Takahashi, Carol Kumahara e Jéssica Yamada, além dos suplentes Eric Jouti e Giulia Takahashi.

“O principal foco é na parte da aclimatação do fuso, do clima, um período para se adaptar o mais rápido possível. O que tinha que ter sido treinado, já foi. Agora é aproveitar esses primeiros dias para, quando chegar mais próximo da competição, já estar 100% e cada um poder render o seu melhor”, disse Hugo Hoyama, treinador da seleção feminina e que chega à sua 8ª Olimpíada.

A equipe foi se reunindo aos poucos. Da Alemanha, onde realizaram o último período de treinos fora do Japão, saíram Eric Jouti, Gustavo Tsuboi, Hugo Calderano e Vitor Ishiy. O consultor técnico da CBTM e técnico de Calderano, Jean-René Mounié, e o fisioterapeuta Mikael Simon partiram da França. Para Calderano, sétimo do ranking mundial, a etapa final de preparação, contando com uma passagem pelo Rio de Janeiro, no Centro de Treinamento do Comitê Olímpico do Brasil (COB) deu ainda mais confiança na busca por um inédito pódio na modalidade.

"O meu objetivo é ganhar uma medalha. Como todos sabem, os chineses são os favoritos, mas há muitos outros atletas que estão brigando por uma medalha. Diria que uns dez a 12 atletas, além dos chineses, também estão nessa disputa. Acho que com a minha preparação vou chegar bem e nessa briga pelo pódio", afirmou Calderano, cabeça-de-chave número 4, que, na sua primeira participação olímpica, na Rio 2016, ficou em nono lugar, igualando o melhor resultado do país na modalidade.

Já Bruna Takahashi, Carol Kumahara, Giulia Takahashi e Jessica Yamada; o coordenador de seleções olímpicas e chefe da equipe de tênis de mesa em Tóquio, Lincon Yasuda; e, os técnicos da Seleção feminina, Hugo Hoyama, e da Seleção masculina, Francisco Arado, o Paco, saíram do Brasil no último domingo. A parte final da preparação da equipe feminina foi realizada no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo. Em Hamamatsu, a 250 quilômetros de Tóquio e considerada a cidade mais brasileira do Japão, a equipe está se sentindo em casa.

“Eu estive aqui em 2019 para conhecer o ginásio e o hotel. Sabia que a recepção ia ser a melhor possível. Os japoneses estão muito preocupados com a nossa saúde e isso dá uma grande tranquilidade. Temos que pensar nessa parte também. Chegamos até aqui sem grandes problemas e queremos seguir assim até a competição. Só nos resta agradecer às pessoas de Hamamatsu e a todos os voluntários e trabalhadores que estão se dedicando muito para nos ajudar. Agora é batalhar também por eles lá em Tóquio", completou Hoyama.

Foto: COB/Gaspar Nobrega

Nenhum comentário:

Postar um comentário