Time olímpico de refugiados contará com mais atletas em Tóquio - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Time olímpico de refugiados contará com mais atletas em Tóquio

Compartilhe

 


A Equipe Olímpica de Refugiados, novidade surgida no Jogos do Rio-2016, contará com mais atletas na próxima edição em Toquio. Segundo informações do portal Inside the Games, o anúncio será feito pelo COI (Comitê Olímpico Internacional) nesta terça (8) durante a reunião executiva do Comitê que deve durar três dias. O time deve contar com 35 atletas, número mais de três vezes maior que os dez atletas no Brasil. 


Criado para abrigar atletas que não podiam treinar ou morar em seus países de origem em razão de conflitos políticos, o time estreou com atletas de quatro países: Síria, República Democrática do Congo, Sudão do Sul e Etiópia. Neste ciclo, ficaram elegíveis 55 atletas de 13 países. Alguns deles conseguiram asilo no Brasil.


Estes atletas competem nas seguintes modalidades: atletismo, badminton, boxe, canoagem, ciclismo, judô, karatê, taekwondo, tiro esportivo, natação, levantamento de peso e luta livre. A sigla do time que era ROT, em inglês, passará a ser EOR, do francês, Equipe Olimpyique des Refugiés. Lembrando que o francês é a língua oficial do COI.


Penúltimos a entrarem no Maracanã na Rio - 2016, este ano a equipe entra logo após a Grécia, tradicionalmente a primeira na Parada das Nações, por ter sido a primeira sede da história em 1986. Caso conquistem alguma medalha de ouro, a música tocada na cerimônia do pódio será o hino olímpico.


Foto em destaque: Associated Press

Nenhum comentário:

Postar um comentário