EUA define equipe de ginástica artística masculina para Tóquio 2020 - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

EUA define equipe de ginástica artística masculina para Tóquio 2020

Compartilhe
Os Estados Unidos definiram os atletas que vão representar o país na ginástica artística masculina nos Jogos Olímpicos de Tóquio. A equipe será composta por Brody Malone, Shane Whiskus, Yul Moldauer e Sam Mikulak, enquanto Alec Yoder vai competir individualmente.

Neste ciclo olímpico, a Federação Internacional de Ginástica diminui o tamanho das equipes na ginástica artística para quatro atletas. Porém os países poderiam conquistar vagas extras para ginastas que vão poder competir em Tóquio, mas individualmente, com as suas notas não contando para a competição por equipes. Os Estados Unidos classificaram a equipe pelo Mundial de 2019 e garantiram uma quinta vaga no Pan-Americano da modalidade no começo do mês no Rio de Janeiro.

Brody Malone ficou em primeiro lugar na soma do individual geral dos dois dias de competição (quinta-feira 24 e sábado 26), com 171.600 pontos nas 12 apresentações (85.250 e 86.350 no individual geral separado dos dois dias). O destaque foi sua série da barra fixa deste sábado que recebeu 14.800 pontos. Essa nota lhe daria a medalha de prata no Mundial de 2019. 

As regras da USA Gymnastics (a federação de ginástica dos EUA) previam que o segundo colocado do individual geral iria para a equipe, desde que o ginasta ficasse entre os três primeiros colocados em três aparelhos. E foi o que aconteceu com Yul Moldauer que somou 168.600 nos dois dias (83.650 e 84.950) e ficou em primeiro lugar nas barras paralelas, segundo no cavalo com alças e em terceiro no solo.

Yul Moldauer no solo - Foto: Jeff Robertson/AP Photo
As demais vagas foram decididas pelo comitê técnico da USAG pensando no potencial de nota em uma final por equipes. Foram escolhidos Shane Whiskus e Sam Mikluak. Mikulak é o único veterano da equipe indo para sua terceira Olimpíada, enquando os demais vão para seus primeiros Jogos Olímpicos.

Shane Whiskus e Sam Mikulak na Seletiva Olímpica - Foto: Jeff Robertson/AP Photo
Para a vaga individual a USAG decidiu enviar um atleta que fosse especialista em algum aparelho com potencial de conquistar uma medalha. O escolhido foi Alec Yoder, que teve as melhores notas no cavalo com alças na Seletiva Olímpica (15.050 e 14.550).

Alec Yoder - Foto: John Cheng/USA Gymnastics
Cameron Bock, Brandon Briones, Akash Modi e Allan Bower serão os reservas da equipe, enquanto Alex Diab será o alternate da vaga individual. Em anos normais, apenas um reserva viajaria para o país sede dos Jogos Olímpicos, mas a USAG enviará os dez ginastas para sua base no Japão caso algum dos titulares tenha que ser retirado das competições por testar positivo para covid-19.

Foto de capa: Jeff Roberson/AP Photo

Nenhum comentário:

Postar um comentário