Giullia Penalber perde na semifinal e não consegue vaga em Tóquio-2020 - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Giullia Penalber perde na semifinal e não consegue vaga em Tóquio-2020

Compartilhe
Giullia Penalber em luta contra a francesa Rivieri no Pré-Olímpico Mundial de Wrestling

Após ir bem pela manhã no Pré-Olímpico de Wrestling, a brasileira Giulia Penalber acabou caindo na fase final, sendo eliminada nas semis diante da francesa Mathilde Heliene Riviere. Apesar de ser número 8 do mundo e uma das favoritas à vaga na competição em Sófia, na Bulgária, a brasileira perdeu por 5 a 1 na categoria até 57kg da luta livre, ficando de fora dos Jogos Olímpicos Tóquio-2020.


Mais cedo, outra brasileira não conseguiu a vaga olímpica, a Kamila Barbosa, que não avançou na categoria até 50kg da luta livre. Como o Pré-Olímpico Mundial é a última competição classificatória, o Brasil irá a Tóquio-2020 com três qualificados no wrestling: Laís Nunes e Aline Silva, nas categorias até 62kg e 76kg feminina, além de Eduard Soghomonyan, na greco-romana até 130kg.


Rússia garante mais três vagas na luta livre feminina

O Pré-Olímpico definiu nesta sexta-feira (7) as últimas vagas para a competição em Tóquio. A Rússia foi o grande destaque do torneio, assegurando mais três atletas nos Jogos Olímpicos. As finais da competição acontecem neste sábado (8).



Na categoria até 50kg no estilo livre, Seema Bisla, da Índia, e Lucia Yepez, do Equador, garantiram a vaga para os Jogos após chegarem na final, que será disputada neste sábado. Seema é o oitavo wrestler da Índia a garantir vaga nos Jogos.


O resultado até 53kg colocou atletas da Romênia e da Rússia em embate final. Andreea Ana (ROU) e Olga Khoroshavtseva (RUS) brigam pelo ouro neste sábado e estarão em Tóquio-2020. Na categoria da Giullia - até 57kg - teve mais uma russa com passaporte carimbado, com Veronika Chumikova. A outra wrestler garantida foi a francesa Riviere, que derrotou a brasileira na semifinal.


Russa Chumikova comemorando vaga olímpica no wrestling
Chumikova comemora vaga olímpica em luta decidida nos últimos segundos - Foto: Tony Rotundo/United World Wrestling

Mongólia, com Bolortuya Khurelkhuu, e Rússia, com Liubov Ovcharova, foram as finalistas na categoria 62kg, tenquanto Bulgária e Azerbaijão venceram as semis na categoria até 68kg, com Mimi Hristova (BUL) e Elis Manolova (AZE), também garantindo vaga nas Olimpíadas


Na última categoria do dia, até 76kg, a turca Yasemin Adar e a ucraniana Alla Belinska garantiram a vaga em Tóquio da mesma maneira, passando com tranquilidade pelas adversárias na semifinal. Adar derrotou Martina Kuenz, da Aústria, por 10-1, enquanto Belinska não deu chances para a venezuelana Maria Acosta, em 8-0.


Foto em destaque: Tony Rotundo/United World Wrestling

Nenhum comentário:

Postar um comentário