Com Robert Scheidt como o primeiro, Casa da Moeda lança medalhas em homenagem a ídolos do esporte - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Com Robert Scheidt como o primeiro, Casa da Moeda lança medalhas em homenagem a ídolos do esporte

Compartilhe



A Casa da Moeda do Brasil e a Memorabília do Esporte lançaram nesta segunda-feira (10), a primeira série de medalhas da coleção ‘Grandes Ídolos do Esporte’. Robert Scheidt, velejador bicampeão olímpico (Atenas-2004 e Atlanta-1996), que se prepara para a disputa dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020+1, é o primeiro homenageado da coleção que vai trazer ainda nomes como Maria Esther Bueno, Rodrigo Pessoa, Jackie Silva e Sandra Pires, Daniel Dias, Hortência, Cesar Cielo e Daiane dos Santos em 2021 – nomes de 2022 serão anunciados em data futura.

Scheidt, que tem cinco medalhas olímpicas (além dos dois ouros, conquistou a prata em Pequim-2008 e Sydney-2000, e o bronze em Londres-2012), está retratado em séries exclusivas de medalhas em prata, bronze dourado, bronze e cuproníquel, já à venda pelo sites do Clube da Medalha e da Memorabília do Esporte.

"É uma honra fazer parte da lista de atletas homenageados, ainda mais sendo o primeiro nessa ação que visa preservar e valorizar a história de atletas que sempre defenderam o Brasil em competições ao redor do mundo. Agora posso dizer que tenho mais uma medalha na carreira e o mais bacana é que essa pode ser compartilhada com os amantes do esporte", afirmou Robert Scheidt.

Produzidas pela Casa da Moeda do Brasil e cunhadas com acabamento especial ‘proof’, as medalhas de prata (+ 31g), bronze dourado (+ 24g) e bronze (+ 24g) possuem diâmetro de 40mm, enquanto a linha de cuproníquel tem 30mm. As séries de 40mm possuem fundo espelhado, com tiragens limitadas e numeradas, e certificados de autenticidade da CMB, além do estojo da peça. As unidades em cuproníquel são comercializadas acompanhadas de um cartão exclusivo da coleção.

Casa da Moeda do Brasil e Memorabília do Esporte se uniram com o objetivo de resgatar memórias e exaltar trajetórias de ícones da história. A coleção ‘Grandes Ídolos do Esporte’ terá novos nomes ano a ano, exaltando feitos e efemérides, prestando tributos aos maiores nomes do esporte brasileiro.

"Homenagear importantes ícones da história brasileira é o objetivo do Clube da Medalha da CMB. As medalhas e moedas comemorativas simbolizam a necessidade da nação em comemorar, premiar e homenagear seus valores dentro da evolução histórica do mundo, preservando a memória cultural, além de fomentar a arte medalhística e a tradição dos colecionadores", afirma Paulo Ricardo, diretor de Inovação e Mercado da Casa da Moeda do Brasil.

"São homenagens merecidas e necessárias, ídolos que serão eternizados em medalhas. Este projeto nos enche de orgulho, uma oportunidade de lembrar histórias, recuperar memórias e valorizar feitos do nosso esporte. Estamos muito felizes em participar de uma iniciativa tão importante como essa em parceria com a Casa da Moeda", comentou o jornalista Bruno Neves, co-fundador da MDE.

Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário