Taubaté vence Campinas e se aproxima da decisão da Superliga Masculina - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Taubaté vence Campinas e se aproxima da decisão da Superliga Masculina

Compartilhe


Vice-líder da fase classificatória, o EMS Taubaté FUNVIC saiu na frente na semifinal da Superliga Masculina de Vôlei. Jogando no Centro de Desenvolvimento do Vôlei em Saquarema (RJ), a equipe venceu o Vôlei Renata/Campinas por 3 sets a 1 (25-23, 25-17, 21-25 e 25-17)) e está a uma vitória da final da competição.

Eficiente no ataque e no bloqueio, Maurício Souza marcou 8 pontos e recebeu o Troféu Viva Vôlei de melhor jogador da partida. Outro destaque de Taubaté foi o ponteiro Douglas Souza, que anotou 18 pontos e terminou como o maior pontuador de seu time no jogo. Do lado de Campinas, o ponteiro Vaccari, recuperado de uma lesão no tornozelo, e o oposto Leandro Vissotto anotaram 19 pontos cada e foram os líderes entre os pontuadores de toda a partida.

Mais cedo, o Minas Tênis Clube venceu o Vôlei UM Itapetininga por 3 sets a 0 e saiu na frente na outra semifinal da Superliga. As quatro equipes voltam à quadra na sexta-feira (09) para a segunda partida, que pode ser definitiva na definição dos finalistas.

Times iniciais:


EMS Taubaté FUNVIC: Bruninho; Felipe Roque; Lucão e Maurício Souza; Maurício Borges e Douglas Souza; Thales (Líbero). Entraram: João Franck, João Rafael, Rapha, Gabriel. Técnico: Javier Weber.

Vôlei Renata: Demián González; Leandro Vissotto; Barreto e Michel; Vaccari e Bruno Temponi; Bruno Belo (Líbero). Entraram: Renan, Angellus, Melqui, Cristiano. Técnico: Horácio Dileo.

O jogo


O primeiro set começou como era esperado, com saques forçados e muito equilíbrio entre as duas equipes. De um lado, o oposto Leandro Vissotto e o ponteiro Vaccari lideraram o Campinas; do outro, Felipe Roque foi bastante acionado pelo levantador Bruninho. Nenhuma das duas equipes desgarrou do placar até o empate em 23 a 23. Foi quando uma boa passagem pelo saque de Lucão fez a diferença. Em bloqueio de Bruninho sobre Vaccari, o Taubaté fechou o disputado primeiro set em 25 a 23.

Com o mesmo equilíbrio que terminou a parcial anterior, o segundo set teve seu início com as equipes trocando pontos. Porém, desta vez, o Taubaté conseguiu abrir vantagem, graças a boas sequências no saque de Lucão e de Maurício Borges. Com dificuldade na recepção e com muitos erros, o Campinas não conseguiu reagir e viu os adversários abrirem 2 sets a 0, com 25 a 17 ao fim da segunda parte do jogo.

Atrás no placar, o Campinas veio para o terceiro set no "tudo ou nada". E deu certo. Mesmo com Leandro Vissotto discreto devido a dores no pescoço, o time do interior paulista mostrou muito volume de jogo, em especial, com o crescimento do bloqueio e grandes defesas do líbero Bruno Belo. Com dificuldades na virada de bola, Taubaté tentou mudar o jogo com as entradas de Rapha e João Franck, mas as mexidas não foram suficientes para transformar a parcial. Em ataque de Vaccari, o Campinas venceu o set por 25 a 21.

As duas equipes voltaram com alterações para o quarto set. O Taubaté começou com Rapha no lugar de Bruninho, enquanto o ponteiro Renan Bonora substituiu Bruno Temponi. As mudanças surtiram mais efeito no Taubaté, que viu o crescimento de seus centrais na partida. Lucão e Maurício Souza comandaram a equipe taubateana, que deslanchou na segunda metade do set e venceu por 25 a 17, fechando o jogo em 3 sets a 1.

Foto: William Lucas/Inovafoto/CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário